SP dará notebook para os melhores no Saresp

Computadores serão entregues aos alunos com melhor desempenho em cada escola da rede. Provas acontecem em novembro

iG São Paulo |

O Estado de São Paulo irá premiar com notebooks cerca de 12 mil estudantes de escolas estaduais que obtiverem os melhores resultados no Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp). A medida é destinada aos alunos do 3ª série do ensino médio e visa incentivar a participação e o envolvimento no exame que avalia a qualidade do ensino na rede estadual paulista. As provas acontecem nos dias 29 e 30 de novembro.

O prêmio será dado aos estudantes que obtiverem as maiores médias em língua portuguesa e matemática entre as turmas do mesmo período (noturno e diurno) de sua escola. É preciso participar de todas as provas dos dois dias do exame e se formar no fim do ano. Cada escola receberá um número de notebooks equivalente ao de classes de 3ª série do ensino médio que possui. Cerca de 400 mil estudantes irão concorrer ao prêmio.

Os resultados deverão ser divulgados no primeiro semestre de 2012 e a entrega dos notebooks ocorrerá regionalmente, organizada pelas diretorias de ensino e escolas.

Saresp

O Saresp é utilizado pela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo para calcular o Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo (Idesp), indicador de qualidade da rede, que serve de base para as políticas públicas e também para o cálculo do bônus dos professores.

Para aumentar e a relevância do exame para os estudantes, a Secretaria estuda medidas como usar a nota do Saresp em vestibulares de faculdades e universidades públicas paulistas (Fatecs, USP, Unesp e Unicamp).

Cerca de 2,3 milhões de estudantes dos ensinos fundamental e médio farão as provas neste ano. Estão inscritas na avaliação 5.043 escolas estaduais, 3.328 municipais, 226 particulares e 139 técnicas do Centro Paula Souza.

A prova

A prova afere o domínio das competências e habilidades básicas em língua portuguesa e matemática previstas para o término de cada ano/série (3º, 5º, 7º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio). Também serão aplicadas avaliações de história e geografia para alunos dos 7º e 9º anos do fundamental e da 3ª série do médio da rede estadual.

Para o 3º ano do ensino fundamental, as perguntas de língua portuguesa e matemática serão abertas. Para os demais estudantes, as questões para cada disciplina avaliada serão de múltipla escolha. Também haverá uma proposta de redação para uma amostra de turmas dos 5º, 7º e 9º anos do ensino fundamental e das 3ª séries do ensino médio de cada rede de ensino. Os alunos do 5º ano farão uma carta de leitor, os do 7º uma narrativa de aventura e os do 9º ano e 3ª série do ensino médio vão elaborar um artigo de opinião.

As provas serão realizadas nos três períodos (manhã, tarde e noite), no horário de início regular das aulas, e terão duração de duas horas e 30 minutos, acrescida de uma hora para os alunos que fizerem redação. Para os alunos com deficiência também será acrescida mais uma hora.

    Leia tudo sobre: Saresprede estadual paulistaescola pública

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG