O Ministério da Educação informará na próxima quarta-feira quantos candidatos inscritos no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) ¿ que distribui vagas das universidades federais pelas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ¿ tiveram a aprovação revogada por causa de decisões judiciais aplicadas às instituições participantes. Amanhã, o número será divulgado junto com um balanço final do processo seletivo, testado pela primeira vez.

Em nota divulgada há pouco, o MEC afirma que, no domingo, 14, por volta das 14 horas, o operador do sistema digital do SiSU foi obrigado a inserir manualmente matrículas amparadas por decisão judicial nas instituições de ensino. Em consequência, alguns estudantes passaram a figurar como convocados, quando ainda estavam na lista de espera.

Esses estudantes voltaram a fazer parte da lista de espera e não puderam realizar as inscrições. De acordo com o documento, o sistema foi reprocessado 20 minutos depois e passou a apresentar a situação real de cada um.

Segundo apuração do iG São Paulo pelo menos dois estudantes aprovados na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) foram prejudicados. Alunos da Universidade Federal do ABC (UFABC) também tiveram inscrições negadas.

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.