Senado aprova cotas para alunos de escolas públicas

BRASÍLIA - Estudantes que cursaram todo o ensino fundamental em escolas públicas poderão ter reservada metade das vagas em universidades federais e instituições federais de educação profissioalizantes. A Comissão de Educação do Senado aprovou ontem (1º) projeto de lei que reserva de 50% das vagas para esses estudantes. A matéria segue para apreciação na Câmara.

Congresso em Foco |

Polêmica, a proposta prevê ainda que dentro desse percentual sejam reservadas vagas específicas para negros e índios. Pelo projeto, a distribuição de vagas deve ser feita de acordo com a proporção de negros e índios em cada estado.

Não me venha com essa história de que as oportunidades são iguais, porque elas não são. A gente só corrige a desigualdade tratando diferentemente os diferentes, defende a autora do projeto, senadora Ideli Salvati (PT-SC). Esse projeto privilegia o estudante da escola pública, que normalmente também vem com o viés da baixa renda, acrescenta.

Leia mais no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: cotas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG