RECIFE ¿ Seis pessoas foram presas em flagrante, nesta manhã, acusadas de copiar ilegalmente livros e apostilas. A ação da Policia Civil aconteceu na rua Afonso Pena, n° 85, vizinha à Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), no Centro do Recife. No local, foram encontrados vários livros prontos para serem copiados. Além dos livros, foram apreendidas todas as máquinas copiadoras.

Segundo o delegado responsável pela ação, Paulo Rameh, essa é a segunda operação realizada no endereço com o objetivo de apreender cópias de livros. "A primeira vez que desencadeamos a ação não obtivemos êxito porque não localizamos os materiais", informou.

Para o delegado Paulo Rameh, a ação da polícia servirá como alerta tanto para quem estava exercendo atividade, quanto para os estudantes que vão comprar as cópias. Essas prisões vão servi de alerta para quem trabalhava nessa atividade e para os estudantes. É necessário que as pessoas se conscientizem que copiar livros é crime, ressaltou.

De acordo com a Polícia Civil, todos os presos foram encaminhados para a Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial para prestarem depoimentos. Após os esclarecimentos, os acusados serão encaminhados para o Cotel (Centro de Triagem de Abreu e Lima). Os seis presos serão autuados em flagrante por violação do direito autoral, podendo pegar de 2 a 4 anos de reclusão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.