Satélite registra Amazônia coberta de nuvens em forma de neve

Apesar da floresta amazônica ser um local úmido e chuvoso, a região também tem sua estação de seca. Durante esse período, que vai de junho a agosto, os padrões climáticos de larga que formam as nuvens enfraquecem, permitindo que a luz solar atinja a copa das árvores fazendo a maior floresta do mundo vicejar.

Apolo11 |

Clique para ampliar


Nesta imagem, registrada pelo satélite Aqua na tarde de 19 de agosto, é possível ver claramente a interação criada entre a atmosfera e a floresta tropical, resultando em uma gigantesca e uniforme camada de nuvens acima da ilha de Marajó, que vistas de cima lembram uma imensa cobertura de flocos de neve salpicando a floresta centenas de metros abaixo.

As nuvens mostradas se formaram a partir do vapor de água liberado pelas árvores e outras plantas durante o período diurno. Durante a fotossíntese as plantas convertem a água e o dióxido de carbono (CO2) em oxigênio e à medida que inalam o CO2 produzem vapor de água, em um processo chamado transpiração. Na estação da seca a floresta recebe mais luz solar e viceja, amplificando o processo e lançando mais vapor de água na atmosfera. Com o passar das horas a temperatura aumenta e o ar quente sobe, eventualmente se condensando e formando as nuvens parecidas com flocos de neve vistas na cena. Mas o processo não para.

A condensação do vapor de água libera calor na atmosfera e faz com que o ar aquecido suba ainda mais. Quanto mais se eleva, mais o ar se expande e resfria, permitindo que mais vapor de água se condense. Eventualmente, esse processo produz grandes tempestades que podem ser vistas na imagem na forma de grupos concentrados de nuvens.

Foto: Cena registrada pelo satélite Aqua em 19 de agosto de 2009 mostra a região da Ilha de Marajó coberta por nuvens, que vistas de cima, lembram uma paisagem repleta de flocos de neve. Crédito: Nasa/Modis Team.


Leia mais sobre: Amazônia

    Leia tudo sobre: amazôniafloresta amazônicanuvemsatélite

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG