Em 1997, manifestações dos cidadãos por seguridade social foram organizadas em todos os países membros da União Europeia.

Muitos dos participantes eram contra o processo de integração. Os pobres, que eram aqueles que viviam da seguridade social, sentiam-se marginalizados pela União Europeia. Além disso, alguns partidos políticos usaram slogans nacionalistas e racistas, esperando pescar nas águas agitadas pela miséria, pelo desemprego e pela desconfiança no governo.
( Adaptado de Harry Coenen, Social Security Claimants and Europe, em Rik van Berkel, Harry Coenen e Ruud Vlek, Beyond marginality? Social movements of social security claimants in the European Union. Aldershot: Ashgate Publishing, 1998, p. 1-2. )

a) De acordo com o texto, quais os diferentes interesses que se opunham à União Europeia?

b) Quais as mudanças que a criação da União Europeia ocasionou para os países membros?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.