Questão 21 - Assim se explicam a minha estada debaixo da janela de Capitu e a passagem de um cavaleiro, um dandy, como então dizíamos. Montava um belo cavalo alazão, firme na sela, rédea na mão esquerda, a direita à cinta, botas de verniz, figura e postura esbeltas: a cara não me era desconhecida. Tinham passado outros, e ainda outros viriam atrás; todos iam às suas namoradas. Era uso do tempo namorar a cavalo. Relê Alencar: ¿Porque umestudante (dizia um dos seus personagens de teatro de 1858) não pode estar sem estas duas coisas, um cavalo e uma namorada¿. Relê Álvares de Azevedo. Uma das suas poesias é destinada a contar (1851) que residia em Catumbi, e, para ver a namorada no Catete, alugara umcavalo por três mil-réis...Machado de Assis. Dom Casmurro. As formas verbais ¿Tinham passado¿ (linha 6) e ¿viriam¿ (linha 7) traduzem idéia, respectivamente, de anterioridade e de posterioridade em relação ao fato expresso pela palavra a) ¿explicam¿.b) ¿estada¿.c) ¿passagem¿.d) ¿dizíamos¿.e) ¿montava¿.

Resposta: C

As formas verbais tinham passado e viriam retornam o ato de passagem de cavaleiros pela janela de Capitu. O narrador sugere que, além do dandy flagrado, também outros com características semelhantes a ele praticaram a mesma ação e continuariam ainda a praticá-la, o que reforçaria o caráter ciumento de Bentinho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.