Prova da Unesp é considerada mais fácil que esperado

Exame transcorreu sem problemas relatados por candidatos e com abstenção de apenas 8,9% dos 80 mil inscritos

iG São Paulo |

A primeira fase do vestibular da Universidade Estadual Paulista (Unesp) foi considerada mais fácil do que o esperado pela maioria dos candidatos ouvidos na saída da prova. Segundo os estudantes, boa parte das questões da área de Humanas eram interpretativas. As questões de Matemáticas foram as que mais levaram dificuldade para o teste, mas outras "vilãs" como Química e Física não assustaram.

Apenas 8,9% dos 80 mil inscritos faltaram no exame e a maioria dos alunos ficou na sala até os últimos minutos para responder as 90 questões. O gabarito foi divulgado em seguida e não há relatos de problemas.

Os amigos Hugo Teles, de 17 anos, e Gabriela Gomes, de 18 anos, que estão no 3º ano da escola estadual Toufic Joulian, de Carapicuíba, na Grande São Paulo, ficaram satisfeitos com o resultado. “Tinha muita coisa que era uma questão de leitura e dava para fazer independente de ter estudado o assunto”, comentou ele. “Mesmo química que é uma disciplina complicada, estava bastante razoável. A gente sabe que muita gente faz cursinho para passar nessa prova e achava que ia estar mais difícil”, completou ela.

Em São Vicente, a primeira fase da Unesp ocorreu de forma tranquila e organizada. Concorrendo a uma vaga para o curso de Psicologia pelo segundo ano consecutivo, Diego Santos Palma de 18 anos, afirmou que a prova foi "no mesmo esquema" da do ano passado. "Eu gosto das provas da Unesp, não são como as da Unicamp ou da USP, dá para você fazer tranquilamente", afirmando que, em relação ao vestibular do ano anterior, a parte de humanas deste ano foi mais difícil, porém exatas estava mais fácil. "As questões de Físicas, por exemplo, foram mais básicas", disse.

Para a jovem de Praia Grande Beatriz da Silva Araújo, de 18 anos, o vestibular desse ano estava inteiramente mais fácil que o de 2009. "A prova de Exatas foi mais tranquila e a de Humanas mais fácil de entender. No ano passado entreguei nos 45 do segundo tempo e ainda chutei as últimas porque não deu tempo, já esse ano conferi tudo e sai uma hora antes do tempo terminar", conta a jovem, que preocupada com a forte concorrência para o Curso de Direito, este ano prestou para Ciências Sociais. "É bem menos concorrido", explica.

Candidata a uma vaga no curso de Engenharia Ambiental, Júlia Naumann, de 18 anos, espera, agora que está terminando o Ensino Médio, ter a mesma sorte que teve no meio do ano, quando prestou o vestibular da Unesp para "sentir a prova" e acabou aprovada. "Mas como eu estava no colégio ainda, não teve jeito né? Mas estudei bastante esse ano todo e acho que vai dar para passar agora de novo", disse Júlia, que também achou a prova anterior da Unesp - a do meio do ano - mais difícil que a deste domingo.

    Leia tudo sobre: Unespprovaprimeira faseopinião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG