Estão sem aulas 140 mil estudantes na capital da Bahia. Categoria reivindica mais segurança nas escolas e contratação de docentes

selo

Mal começaram as aulas da rede municipal de ensino de Salvador, os 7 mil professores das 418 escolas da rede entraram em paralisação até a próxima sexta-feira, deixando 140 mil estudantes sem aulas. 

Os professores reivindicam mais segurança nas escolas e contratação de mais docentes. Um concurso realizado em outubro selecionou 1,6 mil novos professores, mas eles só devem começar a trabalhar em maio, segundo a Secretaria da Educação. Uma assembleia, a ser realizada pelo sindicato dos professores na manhã da próxima segunda-feira, pode estender a greve.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.