Professores da UnB encerram greve

O reitor José Geraldo de Sousa Junior diz que as aulas "começam imediatamente". A paralisação durou dois meses

iG São Paulo |

Os professores da Universidade de Brasília (UnB) encerraram a greve que durava dois meses. Em assembleia realizada nesta segunda-feira, mais de 500 professores participaram da votação. O placar final foi apertadíssimo: 268 votos pelo fim da paralisação, 261 a favor da continuidade e seis abstenções.

Márcia Abrahão, decana de Ensino de Graduação, orienta os estudantes a procurarem seus locais de aula a partir desta terça-feira. "Estou surpresa que a assembleia não tenha definido uma data para recomeçar as aulas, mas se a greve acabou, o calendário acadêmico será retomado a partir de amanhã", afirmou. "As aulas começam imediatamente", confirmou o reitor José Geraldo de Sousa Junior.

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) se reúne na quinta-feira para definir um novo calendário acadêmico para 2010, com as datas para terminar o semestre.

    Leia tudo sobre: unbgreve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG