Crianças passam por exames para comprovar ferimentos. Profissional é afastada

selo

Uma professora de 62 anos é suspeita de agredir três alunos de 8 anos, ontem, em uma escola estadual em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. As crianças devem passar por exames de corpo e delito para comprovar, ou não, as agressões. Conforme a Secretaria de Estado da Educação, a professora foi afastada de suas funções por meio da Diretoria de Ensino do município.

Os pais dos alunos participaram de uma reunião na diretoria da escola para esclarecer os fatos. Em nota, a secretaria afirmou que as crianças recebem acompanhamento especial de professores coordenadores da unidade escolar e da diretoria de ensino regional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.