Professor ameaça dar voz de prisão a aluna em São Paulo

Discussão entre aluna e professor do Mackenzie, que também é promotor de Justiça, teria gerado a confusão na última sexta-feira

AE |

selo

Um professor da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie teria dado voz de prisão a uma aluna na noite da última sexta-feira, segundo o Centro Acadêmico do curso. Segundo a assessoria de imprensa da instituição, a aluna foi atendida pelo diretor da Faculdade de Direito e não houve prisão. 

A estudante, que cursa o quinto semestre, questionou o professor responsável pela matéria de Direito Penal III, pois alegou ter dificuldade nas aulas por causa da metodologia adotada pelo professor. Segundo nota divulgada pelo Centro Acadêmico, o docente "ficou transtornado" e afirmou que a aluna não tinha capacidade para avaliar sua aula, alegando que leciona há 20 anos e que era promotor de Justiça. 

Logo depois, a aluna teria seguido em direção à sala do coordenador do curso, mas o professor impediu seu ingresso, afirmando que ela estava lhe faltando com o respeito. A jovem retrucou que quem estava faltando com o respeito era o professor. Ele, então, teria afirmado que, como promotor de Justiça, poderia chamar a polícia e dar voz de prisão. 

Segundo o Mackenzie, os fatos estão sendo apurados para que as providências cabíveis sejam tomadas. O Centro Acadêmico João Mendes Júnior quer um pedido formal de desculpas por parte do professor.

    Leia tudo sobre: mackenziedireitodiscussão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG