Prefeitura de SP atrasa entrega de material escolar

Segundo a Secretaria de Educação, o kit começa a ser enviado na próxima semana e escolas têm suprimento para quem precisar

iG São Paulo |

Cerca de 700 mil alunos do ensino infantil e primeiras séries do ensino fundamental da rede municipal de São Paulo não receberam o material escolar em tempo de começar as aulas. O ano letivo foi retomado na segunda-feira e nenhuma escola recebeu o kit com itens como caneta, lápis, borracha e canetas.

A Secretaria Municipal de Educação afirma que o atraso se deve a análise do Tribunal de Contas e recurso de uma das empresas que perdeu o processo de licitação. A previsão é que a entrega comece na semana que vem e termine até março.

No entanto, uma carta enviada a todos os alunos antes do início do ano letivo dava a entender que pelo menos parte do kit seria recebido em tempo. "As aulas começam no dia 6 de fevereiro. Para o seu filho, é um ano novo que se inicia. É hora de conhecer os novos professores, receber livros, um novo kit de material escolar e, claro, rever os colegas e fazer novos amigos", dizia o comunicado logo na abertura. Cinco parágrafos depois, retomava: "O conjunto de materiais escolares será entregue até o fim do mês de março. A maioria dos itens é feita com produtos recicláveis. Além dos cadernos, com capas ilustradas pelos próprios estudantes, canetas e réguas foram produzidas a partir de garrafas PET, ajudando a preservar o meio ambiente e dando um bom exemplo aos alunos". 

Em nota, a Prefeitura informa ainda que "as escolas têm todas as condições de fornecer os itens necessários para suprir as necessidades dos estudantes até que os kits sejam entregues. Nenhuma escola está autorizada a pedir que os pais comprem material escolar".

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG