Prefeito de Porto Alegre sanciona lei sobre ensino de Holocausto

Lei proposta por vereador já havia sido aprovada por unanimidade na câmara de vereadores da capital gaúcha

AE |

selo

O prefeito José Fortunati (PDT) sancionou em 18 de outubro a lei que torna obrigatório o ensino do Holocausto nas escolas municipais de Porto Alegre. O tema passará a fazer parte do conteúdo programático da disciplina de História a partir do ano que vem.

"O holocausto foi um dos piores massacres da história da humanidade, porém muitos jovens e professores desconhecem esse período e as lições que advieram dessa época lamentável. O ensino público tem o dever de proporcionar um melhor entendimento do assunto", disse o vereador Valter Nagelstein (PMDB), autor do projeto aprovado por unanimidade pela Câmara no dia 15 de setembro.

    Leia tudo sobre: NACIONALGERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG