Por onde anda o próximo Einstein? Seria você?

Você passa horas pensando em maneiras para convencer sua mãe a deixar você sair no fim de semana ou em como fazer para trapacear naquele joguinho novo de vídeo game? Saiba que se usasse todo esse seu potencial para tentar resolver algumas questões existenciais que assombram a humanidade ¿ ou apenas sua alma -, bem que poderia ser o novo Einstein!

Redação |

Não adiantam desculpas como eu mal sei ler, sou cabeçudo, mas tenho cérebro pequeno ou mal consigo entender um gibi quando leio, porque Einstein também não prometia muita coisa quando pequeno.

Diz-se que ele era obeso, tinha uma cabeça tão grande que sua mãe suspeitava que fosse alguma doença e só foi começar a falar com dois anos de idade! Além disso, sempre teve grande dificuldade para se adaptar às normas rígidas dos colégios onde estudou. Viu só, você provavelmente já saiu na frente!

Einstein fez descobertas substanciais e que abalaram as estruturas e a percepção no campo da física e no imaginário do homem como um todo. Em 1905, aos 26 anos de idade, apresentou ao mundo a Teoria da Relatividade Especial e a Teoria Quântica da Luz e demonstrou que matéria e energia são uma coisa só, quantidades-irmãs relacionadas pela equação E=mc2. Foram essas coisinhas que bastaram para ele ser chamado de gênio até nossos dias e por muitos mais tempo, garanto.

Agora vem a má notícia...

Alguns pesquisadores afirmam que esse status de sabe-tudo foi um acordo de inteligência, afinco, carisma e momento histórico, e que é muito difícil que tantos atributos confluam novamente em uma pessoa só.

Também conta o fato de que nos idos de 1900 o cientista encasquetava com uma idéia, se enfurnava no laboratório, testava as idéias milhões de vezes, conversava com amigos via cartas e só saia dali quando chegava a alguma solução.

Hoje a física é vasta demais para ser desvendada por uma só pessoa. A tecnologia tornou tudo rápido e acessível, e um documento de física relatando novidades e experiências pode ter a assinatura de até 500 cientistas!

Você poderia dizer que não lhe restam muitas oportunidades. Mas não desanime!

Pare e reflita: eu sou inteligente em quê? Pense nas coisas que você faz muito bem, que gosta de fazer. Invista nelas, faça seu cérebro produzir. Uma hora ou outra você se depara com uma dúvida, e na busca pela solução é que pode ser descoberta sua genialidade. Mãos à obra! Observe, procure, formule perguntas e tente descobrir novos caminhos para conduzir seu pensamento.

Mas, antes de sair gritando para todo mundo que você é um gênio, veja se você consegue responder o desafio abaixo, proposto por Einstein, e que, segundo ele, apenas 2% da população mundial é capaz de solucionar na primeira tentativa.

Quem tem um peixe?

1) Existem 5 casas diferentes.
2) Em cada casa mora uma pessoa de diferente nacionalidade.
3) Os 5 bebem, fumam, e têm, cada um, seu animal de estimação.
4) Nenhum deles tem o mesmo animal, fumam o mesmo cigarro ou bebem a mesma bebida.

Observações:

- O inglês vive na casa vermelha.
- O sueco tem um cachorro como animal de estimação.
- O dinamarquês bebe chá.
- A casa verde fica a esquerda da casa branca.
- O dono da casa verde bebe café.
- A pessoa que fuma pall-mall cria pássaros.
- O dono da casa amarela fuma dunhill.
- O homem que vive na casa do centro bebe leite.
- O norueguês vive na primeira casa.
- O homem que fuma blendf vive ao lado do que tem gatos.
- O homem que cria cavalos vive ao lado do que fuma dunhill.
- O homem que fuma blue-master bebe cerveja.
- O alemão fuma prince.
- O norueguês vive ao lado da casa azul.
- O homem que fuma blendf é vizinho do que bebe água.

Confira a resposta no final da página

Resposta:

Casa 1 - Norueguês - Dunhill - água - amarela - gatos
Casa 2 - Dinamarquês - Blenf - chá - azul - cavalos
Casa 3 - Inglês - Pall Mall - leite - vermelha - pássaros
Casa 4 - Alemão - Prince - café - verde - peixe (o alemão é o dono do peixe)
Casa 5 - Sueco - Blue-Master - cerveja - branca - cachorro

Leia mais sobre teste de raciocínio

    Leia tudo sobre: albert einsteingêniosmemóriateste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG