Plano plurianual de SP reforça ensino básico

Governo quer reforçar o currículo, ampliar o ensino médio técnico, valorizar o professor e rever o Saresp

AE |

selo

Nos próximos quatro anos, o governo estadual pretende reforçar o currículo da educação básica, ampliar o ensino médio técnico, fazer um projeto para 1.208 escolas de maior vulnerabilidade educacional e repensar o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp). Também há iniciativas para melhorar políticas de educação especial e de jovens e adultos.

As informações constam no Plano Plurianual 2012-2015, ao qual a reportagem teve acesso. O documento reúne investimentos e metas que cada órgão do governo deve fazer até o mandato seguinte. O projeto, que pode sofrer alterações, será enviado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) à Assembleia Legislativa neste mês.

As metas da Secretaria Estadual de Educação para o período se dividem em cinco eixos: valorização dos profissionais da educação; gestão do currículo; gestão administrativa; infraestrutura e políticas públicas.

Para reforçar o currículo, a pasta pretende, por exemplo, manter programas como o Ler e Escrever. Também deve ocorrer a articulação das dimensões trabalho, ciência, cultura e tecnologia no currículo do ensino médio, prevista por uma resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE). Há o objetivo também de promover concursos públicos periódicos, em que os docentes aprovados teriam cursos de iniciação ao currículo.

Ainda nessa frente, o governo busca estruturar o tempo integral e quer a integração e o apoio das universidades para diversas ações, como a formação dos professores e a intervenção nas escolas com os piores índices de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp).

Em relação ao Saresp, o PPA prevê a criação de um banco de itens calibrados; a revisão das matrizes de referência de todas as disciplinas e propõe que a pasta pense em aumentar a periodicidade da prova, que é anual. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: Saresprede estadual paulista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG