Piauí pode ter bens promovidos a patrimônio cultural

BRASÍLIA - O Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) se reúne nesta quinta-feira, das 10h às 18h, no Palácio Gustavo Capanema, no Rio.

Redação com Agência Brasil |

Acordo Ortográfico

Ele vão discutir a proteção de três bens materiais que podem se tornar patrimônio cultural - a Floresta Fóssil e a ponte metálica de João Luís Ferreira, em Teresina, e o Conjunto Histórico e Paisagístico de Parnaíba.

Parnaíba é hoje a segunda maior cidade do Piauí e o principal núcleo urbano do norte do Estado. Seu centro histórico permaneceu relativamente preservado, e a cidade apresenta um conjunto de edifícios, logradouros e espaços livres ilustrativos de sua história, iniciada na metade do século 18.

Já a Floresta Fóssil do Rio Poti - da bacia do Rio Parnaíba - fica localizada em Teresina e é um sítio natural do período paleontológico de reconhecido interesse científico, devido à raridade desse tipo de ocorrência.

Leia mais sobre: Patrimônio cultural

    Leia tudo sobre: patrimônio cultural

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG