Pelo menos 40 universidades federais confirmam participação no novo Enem em 2009

BRASÍLIA - Mais três universidades federais confirmaram a adesão ao novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), segundo balanço atualizado do Ministério da Educação.

Redação iG Educação |

A Universidade Federal do Acre (Ufac) e a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) utilizarão o Enem a partir de 2009 para preenchimento de vagas remanescentes. Já a Universidade Federal do Tocantins (UFT) preencherá 25% das vagas do processo seletivo pelo Enem.

Com as novas adesões, o número de instituições que utilizarão o exame em substituição total ou parcial a seus processos seletivos, ainda em 2009, chegou a 40, representando 72% do total.

Outra mudança no mapa de adesões foi na Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop). A instituição já utilizava o Enem para compor a nota do vestibular, mas agora decidiu que o exame vai substituir a primeira fase do processo seletivo já em 2009.

O ministério apresentou quatro opções de adesão às instituições. Elas poderão utilizar o Enem como prova única; como primeira fase, ficando a segunda a cargo da instituição; combinando a nota do Enem à do vestibular tradicional ou para seleção de estudantes para vagas remanescentes.

Além das 40 instituições que aderem em 2009, mais quatro passarão a utilizar o exame a partir de 2010 ou 2011: Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e Universidade Federal do Pampa (Unipampa).

As inscrições para o novo Enem foram abertas na última segunda-feira e seguem até 17 de julho. O processo será feito exclusivamente pela internet. Até às 10h de hoje, foram registradas mais de 240 mil inscrições. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 4 de outubro em mais de 1.600 municípios. Mais informações no site do exame ou pelo telefone 0800 61 61 61.

Confira abaixo de que forma cada universidade vai utilizar o novo Enem em seus processos seletivos de 2009:

Norte
Universidade Federal do Amazonas (Ufam): A nota do Enem será usada como fase única para preencher 50% das vagas.

Universidade Federal do Acre (Ufac): Utiliza o Enem a partir de 2009 para preencher as vagas remanescentes.

Universidade Federal do Tocantins (UFT): Utilizará o exame como fase única para preencher 25% das vagas.

Nordeste
Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf): Adota o Enem como fase única e para vagas remanescentes.

Universidade Federal da Bahia (UFBA): Adota como fase única para os cursos da modalidade Bacharelado Interdisciplinar e o curso superior de tecnologia.

Universidade Federal de Sergipe (UFS): Vai utilizar o novo Enem para preenchimento de vagas remanescentes.

Universidade Federal do Maranhão (UFMA): Adota o Enem como fase única e para vagas remanescentes.

Universidade Federal do Piauí (UFPI): Adota como fase única para 50% das vagas e para preencher vagas remanescentes.

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE): Adota o Enem como primeira fase.

Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE): Adota o Enem em fase única e para preenchimento de vagas remanescentes.

Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa): Adota o Enem em fase única e para o preenchimento de vagas remanescentes a partir de 2009.

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB): O novo Enem será utilizado como fase única para 70% das vagas ofertadas e na composição da nota do aluno para os 30% de vagas restantes. As vagas remanescentes também serão preenchidas pelo Enem.

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG): Utilizará o novo Enem para preenchimento de vagas remanescentes.

Universidade Federal de Alagoas (Ufal): Em 2009 vai usar o novo Enem para preencher vagas remanescentes. A partir de 2011, o exame vai substituir o vestibular.

Centro-Oeste
Universidade Federal de Goiás (UFG): Já utiliza 20% da nota do Enem na primeira fase do vestibular.

Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT): Já utiliza 20% da nota do Enem combinada ao resultado do vestibular tradicional.

Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS): Adota o Enem como primeira fase e para o preenchimento de vagas remanescentes.

Universidade Federal de Grande Dourados (UFGD): Adota o Enem apenas para o preenchimento de vagas remanescentes. A parti de 2011, o exame será utilizado como fase única para preencher um percentual específico das vagas, ainda a ser definido.

Sudeste
Universidade Federal do ABC (UFABC): Adota o Enem como fase única e para o preenchimento de vagas remanescentes.

Universidade Federal de São Paulo (Unifesp): Todos os cursos adotam o Enem pelo menos como primeira fase e para o preenchimento de vagas remanescentes.

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM): O Enem será utilizado como fase única para preencher 50% das vagas do processo seletivo, além das vagas remanescentes.

Universidade Federal de Viçosa (UFV): O Enem vai compor 50% da nota do vestibular e será adotado como critério para preencher as vagas remanescentes.

Universidade Federal Fluminense (UFF): O Enem será utilizado para compor 50% da nota da primeira fase. A nota do exame também servirá como bônus de 10% a 15% para a nota da segunda fase de alunos das redes públicas.

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ): Adota como fase única e para o preenchimento das vagas remanescentes.

Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes): Aprovou o uso do Enem como primeira fase.

Universidade Federal de Alfenas (Unifal): Adota o Enem como fase única e para preencher vagas remanescentes.

Universidade Federal de Itajubá (Unifei): Adota o Enem como primeira fase.

Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF): O aluno poderá optar entre usar a nota do Enem na primeira fase ou fazer o vestibular tradicional.

Universidade Federal de Lavras (UFLA): O Enem será utilizado como fase única.

Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop): Já em 2009 vai adotar o Enem como primeira fase do vestibular.

Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ): De 10% a 25 % das vagas serão preenchidas pelo Enem, como fase única. O exame também será utlizado para preenchimento de vagas remanescentes.

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio): Adota o Enem como fase única e para preencher vagas remanescentes.

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ): Adota o Enem como primeira fase.

Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM): Já utiliza o Enem para compor 20% da nota da primeira fase do vestibular.

Sul
Universidade Federal do Rio Grande (Furg): O Enem vai compor 50% da nota do vestibular. Também será utilizado para preenchimento de vagas remanescentes

Universidade Federal de Pelotas (UFPel): Adota o Enem em fase única e para as vagas remanescentes.

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC): O Enem vai compor 20% da nota do candidato. O aluno poderá optar por utilizar ou não a nota do exame no processo seletivo.

Universidade Federal do Paraná (UFPR): A nota do processo seletivo será composta pela combinação do resultado do Enem (10%) e do vestibular tradicional (90%).

Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR): Adota o Enem em fase única.

Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA): Adota o Enem como fase única e para o preenchimento de vagas remanescentes.

Universidades Novas* (que aguardam aprovação pelo Congresso para entrar em funcionamento):
* Todas adotam como fase única

- Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila)
- Universidade Federal da Integração Amazônica (Uniam)
- Universidade Luso Afro-Brasileira (Unilab)
- Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)


Leia mais sobre: Enem

    Leia tudo sobre: enemuniversidades

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG