Paulistano dá nota 5 para a Educação pela segunda vez

Quesito manteve-se igual em pesquisa Ibope enquanto conceito geral de qualidade de vida teve sútil melhora

iG São Paulo |

Os moradores da cidade de São Paulo dão nota 5 para a Educação na capital paulista em uma escala de um a 10 em que o menor número representa totalmente insatisfeito e 10 plenamente satisfeito. O conceito aferido pelo Ibope a pedido do movimento Nossa São Paulo em 2010 é o mesmo de 2009, embora em termos gerais a pontuação tenha subido de 4,8 para 5.

Perguntados sobre qual instituição está contribuindo mais para melhorar a qualidade de vida, 21% responderam governo federal contra 16% do ano anterior. A prefeitura caiu de 11% para 10% e o governo estadual de 8% para 6%. As Organizações Não Governamentais (ONGs) e as universidades mantiveram os mesmos porcentuais, 4% cada.

Anunciadas mudanças

Com a troca de governo estadual e a chegada do ex-reitor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Herman Voorwald, para ser o secretário de Estado de Educação há promessas de mudanças administrativas e o anúncio do fim do termo progressão continuada. A secretaria municipal seguiu a diretriz e também anunciou que mudará os ciclos atuais, que só permitem reprovação no 5º e 9º ano do Ensino Fundamental para um modelo em que a retenção pode ocorrer a cada três anos.


    Leia tudo sobre: educaçãonossa são paulopaulistanoibope

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG