ONU alerta para colapso de recursos hídricos na Ásia até 2050

Cientistas reunidos em uma conferência sobre a água financiada pela Organização das Nações Unidas (ONU) na Suécia, fizeram um alerta em especial aos países asiáticos. Os governos precisam melhorar o uso dos recursos hídricos para enfrentar o aumento populacional e evitar no futuro uma falta crônica de alimentos

Apolo11 |

A projeção dos especialistas vai até 2050. Estimativas sugerem que a população da Ásia deve aumentar em cerca de 1,5 bilhões de pessoas nos próximos 40 anos, o que aumentaria também a demanda por alimentos. A necessidade de uma melhor administração dos recursos hídricos é urgente independente do impacto do aquecimento global na região.

Segundo os estudiosos, os sistemas de irrigação em países do sul e leste asiático construídos nas décadas de 70 e 80 estão ultrapassados e necessitam de bilhões de dólares para serem modernizados, reduzindo a dependência dessas regiões de alimentos importados.

Essa é uma situação insustentável para um determinado país em desenvolvimento, acredita Colin Chartes, diretor do Instituto Internacional de Administração da Água (IWMI).

As previsões e conclusões da Conferência foram reunidas em um relatório conjunto do IWMI e da Organização de Alimentos e Agricultura da ONU publicado nesta segunda-feira (17).


Arte: Gráfico mostra o percurso do rio Yang-Tsé. Com 6.300 km de extensão, Yang-Tsé é o maior rio da Ásia e todo seu leito está localizado dentro República Popular da China.

    Leia tudo sobre: aquecimento globalmeio-ambienteágua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG