Novos prefeitos não podem esquecer compromissos na área de educação, diz Haddad

BRASÍLIA - Na solenidade que marcou um ano de criação do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), o ministro da Educação, Fernando Haddad, disse que os compromissos firmados pelos prefeitos que aderiram ao Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação não poderão ser esquecidos pelos seus sucessores, a serem eleitos em outubro.

Agência Brasil |

Segundo balanço divulgado pelo MEC, 5.047 dos 5.564 municípios brasileiros aderiram ao plano, que prevê o cumprimento de 28 diretrizes pelos prefeitos e governadores que assinaram o compromisso. Uma delas é a garantia de que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos de idade.

Posso assegurar que não haverá nenhuma descontinuidade ou interrupção. Nosso rumo está traçado até 2022, destacou Haddad, em referência às metas que precisam ser atingidas até o ano do bicentenário da Independência da República.

Participam da solenidade cerca de 2 mil prefeitos, que estão em Brasília para assinar convênios e conhecer ações do PDE. A maioria veio de municípios com menor Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb).

Leia mais sobre: Haddad - MEC - PDE

    Leia tudo sobre: educaçãohaddadmecpde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG