Norte tem mais bolsistas

O número de bolsas de mestrado e doutorado concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) ao Norte do País terá este ano um aumento de 65% em relação a 2007.

Agência Fapesp |

O número de pesquisadores com bolsas de produtividade em pesquisa na região quase triplicou em relação a 2002. Os dados foram apresentados pelo presidente do CNPq, Marco Antonio Zago, em reunião, na sede da agência, com o senador Tião Viana (PT-AC) e com representantes das fundações de amparo à pesquisa do Pará e do Amazonas, na terça-feira.

"A formação de recursos humanos é prioridade do CNPq. Quanto mais estimularmos a formação de doutores na região Norte, mais aumentamos a capacidade de absorção no local", disse Zago.

Os Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia, cujo edital foi lançado recentemente, têm previsão de investimentos de R$ 475 milhões para criação de cerca de 60 institutos, dos quais 35% serão destinados às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Mais informações: www.cnpq.br

Leia mais sobre: Bolsa de estudo - mestrado - doutorado

    Leia tudo sobre: bolsadoutoradomestrado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG