Nasa estuda cavernas no Atacama semelhantes a Marte

Na corrida ao planeta Marte, a agência espacial americana, procura lugares inóspitos que possam servir de simulação para uma futura viagem.

Apolo11 |

Cientistas da Nasa escolheram o deserto do Atacama no Chile para os primeiros testes.

O clima seco, o alto índice de radiação ultravioleta, ventos e tempestades de areia que podem degradar e decompor materiais orgânicos no deserto é a combinação mais próxima do ambiente em Marte.

O biólogo Judson Wynne lidera o trabalho de oito cientistas da Nasa e de universidades associadas na Reserva Nacional de Los Flamencos, a 1.600 quilômetros de Santiago. O objetivo é estudar oito cavernas abertas em sal, gesso e sedimentos.

Para as análises, os especialistas utilizam sensores que medem temperatura, pressão e umidade das cavernas. Segundo os cientistas, as cavernas formam um laboratório natural semelhante à superfície marciana.

O projeto "Programa de detecção de cavernas Terra-Marte, expedição ao Deserto do Atacama, começou em 2008 e é divido em várias fases de estudo. A expedição termina em 2010 quando as conclusões deverão ser relatadas.

Leia mais sobre: Marte

    Leia tudo sobre: apolo 11marte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG