MTE vai investir em fóruns estaduais para contratação de jovens aprendizes

BRASÍLIA - Para atingir a meta de 800 mil aprendizes contratados até o final de 2010, o Ministério do Trabalho e Emprego e a organização não governamental Atletas pela Cidadania vão investir em fóruns estaduais para atrair a atenção das empresas. A iniciativa foi tema da audiência realizada na última quinta-feira, entre o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, e os representantes da organização: o ex-jogador de futebol Raí de Oliveira, a ex-jogadora de voleibol Ana Moser e o ex-corredor Ricardo Vidal.

Redação com Agência Brasil |

Os fóruns estaduais têm o objetivo de promover o debate sobre a inclusão de jovens no mercado de trabalho e mobilizar as empresas para a efetivação da Lei 10.097/00, conhecida como a Lei do Aprendiz.

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, foi publicada na última quinta-feira no Diário Oficial da União a portaria que institui o Fórum Estadual de Aprendizagem Profissional, no Ceará. De acordo com Ana Moser, os próximos fóruns serão realizados nos Estados do Rio de Janeiro, de São Paulo e Minas Gerais.

No Brasil, existem 145 mil jovens contratados como aprendizes. O número corresponde apenas a 18% da meta estipulada. De acordo com a ex-jogadora, as ações ainda são insuficientes.Nós vimos que houve um crescimento de aprendizes desde novembro, mas, nesse ritmo, não vamos alcançar a meta até o final do ano que vem., disse.

O processo de qualificação das instituições formadoras de aprendizes também foi discutida durante a audiência, segundo informou Ana Moser. Essa é uma ação de dentro do ministério, que ajudará a ampliar esse mercado [para os aprendizes], disse.

Regulamentada em 2005, a lei determina que as empresas de médio e grande porte contratem adolescentes e jovens entre 14 e 24 anos, que tenham concluído ou estejam cursando o ensino médio por meio de um contrato especial de trabalho por tempo determinado de, no máximo, dois anos.

Leia mais sobre: Jovens aprendizes

    Leia tudo sobre: jovemjovens aprendizes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG