SÃO PAULO - O ministro da Educação, Fernando Haddad, recebeu nesta quinta-feira, 19, membros da Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), que apresentaram reivindicações, como a definição de recursos do Orçamento da União para o custeio das instituições de ensino.

A reunião teve a participação de 20 reitores e definiu um painel com 46 pró-reitores, que receberão explicações sobre todos os programas do MEC disponíveis.

O ministro acredita que a melhor opção para as universidades estaduais e municipais é o aproveitamento dos recursos já disponíveis, como a iniciativa da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Haddad defendeu uma participação maior das instituições na formação de professores para a educação básica. Dados do MEC mostram que apenas 15% dos professores brasileiros são formados em universidades públicas, o que segundo o ministro, deveria ser superior a 80%

O próximo encontro deve ser realizado em Brasília, mas ainda não tem data definida. A interlocução com o MEC será constante.

Leia mais sobre: Universidades

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.