Ministério da Educação fecha mais 281 vagas em Direito

Uma semana após suspender 11 mil vagas na área, órgão decreta redução de postos em duas instituições

iG São Paulo |

O Ministério da Educação (MEC) determinou a redução de vagas nos cursos de Direito da Universidade Anhanguera e da Universidade Bandeirantes (Uniban). Ao todo, são fechadas 281 postos por inadequações constatadas em processo iniciado após a última nota ruim no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

Foram cortadas 57 vagas na unidade 1 da Anhanguera de Campinas, que passa agora a ter 110 e outras 12 na unidade 2 da mesma cidade, que ficou com 52; outras 16 foram fechadas na antiga Anhanguera de Ponta Porã, que agora passou a ser Associação de Ensino Superior Pontaporense, com 64 vagas.

Na Uniban de Osasco serão 44 vagas a menos e no campus Maria Cândida 112 a menos. Os dois campi seguem, respectivamente com 180 e 112 lugares no curso de Direito.

Em nota oficial, a Anhanguera Educacional, mantenedora das unidades de Campinas, disse que "tem um plano de melhorias em execução e não poupará esforços para cumprir todas as exigências estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC)". As demais instituições não se pronunciaram.

    Leia tudo sobre: unibananhangueravagas de direito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG