Uma pesquisa realizada na Holanda constatou que mais de 60% dos astronautas sofrem com dores de cabeça durante as missões espacias.

Dezessete astronautas experientes revelaram aos especialistas do departamento de neurologia da Universidade de Leiden, que sentiram fortes dores de cabeça no ambiente de microgravidade e que os sintomas desapareciam quando voltavam à Terra.

Anteriormente, os especialistas acreditavam que a dor de cabeça era um sintoma relacionado a um enjoo comum em viagens espaciais, mas algo sem gravidade. Porém, na recente pesquisa, mais de 75% dos casos de dor de cabeça não foram associados a sintomas como náusea, vômitos e vertigem.

Na maioria das situações, as dores apareceram durante o lançamento das espaçonaves ou durante a permanência dos astronautas na Estação Espacial Internacional, ISS.

A razão apontada para as fortes dores é a microgravidade. O fenômeno causa queda dos níveis de oxigênio no sangue e uma mudança na irrigação do cérebro, o que pode aumentar a pressão intracraniana. Os dois fatores podem resultar na dor.

O estudo foi publicado este mês na revista especializada Cephalalgia. Os cientistas sugeriram que o problema seja classificado como doença ocupacional.

Foto: Astronautas flutuam no interior da Estação Espacial Internacional. Da direita para a esquerda vemos Mike Lopez-Alegria, Mikhail Tyurin e Suni Williams. Crédito: Nasa.


Leia mais sobre: Astronauta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.