Faculdade Pindamonhangaba oferecia vagas em Nutrição sem autorização do ministério. Novas matrículas estão suspensas

O Ministério da Educação instaurou processo administrativo contra a Faculdade Pindamonhangaba. Segundo portaria publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, a instituição oferece irregularmente o curso de nutrição, que não tem autorização para funcionar.

A Secretaria de Educação Superior do MEC vai investigar o caso para punir a faculdade. Em princípio, já determinou a suspensão de novas matrículas seja por vestibulares ou transferências de outras instituições. A Faculdade Pindamonhangaba tem prazo de 15 dias para apresentar defesa ao ministério.

Procurada pelo iG , a faculdade ainda não tinha posicionamento a respeito do processo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.