O Ministério da Educação (MEC) negou, em nota, nesta segunda-feira, que existam problemas com a alocação de participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2009 em São Paulo. Neste fim de semana, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) havia admitido à Agência Estado a existência de http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/09/27/governo+admite+erro+na+logistica+do+enem+em+sp+8671942.html target=_toperro de logística na distribuição dos alunos.

Na nota, o MEC disse que não existe problema generalizado com a alocação de participantes do Enem 2009. Também não há possibilidade de que inscritos tenham sido acomodados em municípios diferentes daqueles escolhidos no ato da inscrição.

O ministério afirma, no entanto, que cerca de 400 inscritos teriam cometido equívocos durante suas inscrições, o que teria obrigado o órgão a relocá-los posteriormente.

De acordo com o Inep, haveria uma distância acima do padrão habitual que alguns participantes teriam que percorrer para realizar a prova. O MEC entende esses casos são exceções pois totalizam apenas 200. 

Leia mais sobre: Enem

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.