MEC fecha cursos irregulares de formação pedagógica

Faculdade do Espírito Santo oferecia cursos sem ter autorização do ministério para licenciaturas

iG São Paulo |

O Ministério da Educação (MEC) determinou o fechamento de três cursos de formação pedagógica ofertados pela Faculdade J. Simões Ensino Superior (Fabavi), em Guarapari, no Espírito Santo. Segundo o MEC, a instituição não poderia oferecer os cursos dos Programas Especiais de Formação Pedagógica em História, Letras e Matemática porque não tinha autorização para ofertar cursos de licenciatura.

A portaria que determina o fechamento dos cursos foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira. De acordo com a Secretaria de Educação Superior do MEC, os alunos devem procurar outras instituições de ensino superior, credenciadas e autorizadas pelo ministério, e pedir transferência, aproveitando as disciplinas já cursadas. A decisão afeta inclusive os estudantes que já se formaram nestes cursos.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com a direção da Fabavi, grupo educacional mantido pelo Instituto Batista de Educação de Vitória do qual a Faculdade J. Simões Ensino Superior faz parte (campus Guarapari).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG