MEC divulga critérios para distribuição de bolsas remanescentes do ProUni

Alunos das próprias instituições de ensino poderão receber o benefício, desde que atendam ao requisito da baixa renda

Agência Brasil |

As bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) para o segundo semestre de 2010 poderão ser distribuídas a alunos das próprias instituições de ensino. As regras foram publicadas nesta quarta-feira (11) no Diário Oficial da União pelo Ministério da Educação (MEC). Os estudantes terão que atender aos critérios de renda estabelecidos pelo programa.

As bolsas poderão ser concedidas aos alunos de turmas iniciadas no segundo semestre de 2010, de acordo com a classificação obtida no próprio vestibular da instituição. Outra possibilidade é conceder o benefício a alunos que tenham começado o curso anteriormente, de acordo com o desempenho acadêmico.

As bolsas integrais são destinadas a alunos com renda familiar mensal per capita de até um salário mínimo e meio (R$ 765). Já as parciais são para os candidatos cuja renda familiar mensal per capita não seja superior a três salários mínimos (R$ 1.530).

Segundo a portaria do MEC, se as instituições não preencherem as vagas, as bolsas serão oferecidas novamente na próxima rodada do ProUni, em 2011.

    Leia tudo sobre: ProUnibolsas remanescentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG