Mancha brilhante aparece em torno de Vênus e intriga pesquisadores

Uma estranha mancha brilhante apareceu no meio das nuvens em torno do planeta Vênus e vem intrigando os astrônomos.

Apolo11 |

A mancha foi identificada primeiro por um astrônomo amador norte-americano em 19 de julho e sua existência foi confirmada depois pela sonda Venus Express, da Agência Espacial Europeia.


Desde que apareceu, a mancha começou a se expandir. Os ventos teriam a espalhado pela densa atmosfera do planeta.

Uma das hipóteses para seu surgimento seria a possibilidade da erupção de um vulcão. O planeta é coberto por material resultado de atividades vulcânicas no passado. Mas cientistas acreditam que elas ainda ocorram no presente. Neste caso, a erupção teria que ter sido extremamente forte para penetrar na atmosfera de Vênus, formada principalmente por gás carbônico.

Uma segunda hipótese para o surgimento da mancha da brilhante, seria a interação de partículas do Sol com a atmosfera do planeta.

Uma turbulência atmosférica concentrada em uma área específica também pode ter gerado o material brilhante.

Astrônomos já notaram pontos brilhantes em Vênus outras vezes, mas esta mancha seria no mínimo curiosa porque segundo os cientistas, se concentra em uma região pequena da superfície do planeta.

Foto: Mancha brilhante em Vênus fotografada pela sonda europeia Venus Express. Crédito: ESA.


Leia mais sobre: Vênus

    Leia tudo sobre: astronomiavênus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG