Publicidade
Publicidade - Super banner
Educação
enhanced by Google
 

Lula sanciona projeto que cria 38 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou, nesta segunda-feira, um projeto de lei que cria 38 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifets), que a partir de agora serão responsáveis pela coordenação dos 168 Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets), das escolas agrotécnicas e das escolas técnicas das universidades federais. Com a criação dos novos Ifets, aumentará o número de vagas em cursos técnicos de nível médio, em licenciaturas e em cursos superiores de tecnologia.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

Na educação superior, receberão destaque os cursos de engenharia e bacharelados tecnológicos, que contarão com 30% das vagas. Outros 20% serão reservados para licenciaturas em ciências da natureza, com o objetivo de reverter o déficit de professores nas áreas de física, química, matemática e biologia. Metade das vagas dos institutos será destinada ao ensino médio integrado ao profissional.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, observou, durante a cerimônia de assinatura do projeto, que nos seis anos de governo do presidente Lula foram entregues 214 escolas técnicas no País, sendo que entre 1909 e 2002, existiam apenas 140 dessas unidades. A meta do governo, segundo Haddad, é chegar em 2010 com 354 escolas técnicas e 500 mil vagas.

De acordo com o ministério, até o fim do mandato de Lula, a pasta deve contratar 15 mil novos professores para atuar nas escolas técnicas. Hoje, os Ifets contam com 14 mil docentes. Os quadros de técnicos administrativos também aumentarão, passando de 20 mil para 32 mil até 2010.

Leia mais sobre: educação

Leia tudo sobre: educação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG