ainda é longo - Educação - iG" /

Lula: caminho a ser percorrido no ensino ainda é longo

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em seu programa semanal de rádio, Café com o Presidente, comentou o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado na última semana, e afirmou que, apesar de terem sido ultrapassadas as metas estabelecidas pelo Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) para este ano, o caminho que devemos percorrer (na educação), para chegar ao patamar dos países desenvolvidos, ainda é muito longo.

Agência Estado |

"Nós podemos até estar felizes porque melhorou um pouco. Mas temos que trabalhar muito, mas muito mesmo, para que a gente possa melhorar a educação básica no nosso País".

Lula salientou que o Ideb cresceu em todas as etapas do ensino entre 2005 e 2007. O presidente citou como exemplo que, "na quarta série do ensino fundamental, a meta era 3,9 e nós chegamos ao índice de 4,2. Na oitava série, a meta era 3,5 e nós chegamos a 3,8. No ensino médio, a meta era 3,4 e nós chegamos a 3,5". "O que nós podemos dizer sobre isso, analisando os números? Que o resultado superou as nossas metas. Podemos dizer ainda que está melhorando a qualidade do ensino, principalmente o fundamental, oferecido pela rede pública", afirmou o presidente.

O presidente Lula disse ainda que, após o índice geral, virá o indicador por escola. "Aí nós vamos precisar de prefeitos, governadores, presidente da República, pais de alunos, alunos e cada escola sabendo como é que está a sua média. Todos têm de se unir para que a gente possa melhorar definitivamente a educação desse País, detectando quais são os problemas que há nas escolas de menor índice e, ao mesmo tempo, tomando decisões para que possamos melhorar definitivamente a educação básica no nosso País, o que é um sonho, eu acredito, meu. É um sonho de cada governador, de cada prefeito e, sobretudo, um sonho de todos os pais que têm alunos nas escolas públicas brasileiras", finalizou.

Leia também:

Leia mais sobre: Ideb  - Educação

    Leia tudo sobre: ideb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG