Liminar garante frequência escolar facultativa até amanhã em Toledo

CURITIBA - Na cidade de Toledo, no oeste do Paraná, uma liminar judicial garante a todos os estudantes do município o direito de não comparecer às aulas até esta sexta-feira, como medida preventiva à influenza A (H1N1) ¿ gripe suína. Segundo o diretor administrativo da Secretaria de Educação de Toledo, Pedro Webler, a frequência é facultativa.

Agência Brasil |

Um acordo feito entre a Promotoria de Justiça da Infância e Juventude, a Promotoria de Proteção à Educação, escolas e órgãos de educação determina que a frequência seja facultativa neste período e que não sejam realizadas avaliações oficiais para não prejudicar os alunos, disse o diretor, ao ressaltar que a decisão de enviar os filhos às escolas é da família.

De acordo com Webler, na rede municipal, em que estudam cerca de 12 mil alunos, a frequência escolar tem sido de aproximadamente 90%, o que ele atribui às altas temperaturas e aos dias ensolarados. As unidades de ensino estão disponibilizando o conteúdo aplicado em sala para os alunos que não comparecem às aulas.

Até agora, o município tem 48 casos confirmados da gripe, com nove mortes. Em todo o Paraná, de acordo com último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do estado, 170 pessoas morreram em decorrência de complicações causadas pela doença. Há 3.073 casos confirmados no estado, sendo 178 de gestantes.

Leia mais sobre: Influenza A

    Leia tudo sobre: gripe suínah1n1

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG