Leitores contam quem homenageariam no Dia do Professor

Data comemorada em 15 de outubro inspirou centenas de mensagens

iG Educação | 13/10/2010 12:35

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-

No dia 15 de outubro comemora-se o Dia do Professor. Em resposta a pergunta do iG sobre quais professores os leitores homenageariam, foram contadas centanas de histórias sobre educadores que fizeram a diferença na vida dos alunos. Leia comentários abaixo.
 

    Notícias Relacionadas


    393 Comentários |

    Comente
    • DENY SAMPIETRI | 15/10/2010 22:56

      ao mestre com carinho e gratidão

      TIVE UM PROFESSOR QUE É UM PROFESSOR QUE TENHO ATÉ HOJE....

      POIS COM A FUSÃO DE SUA TÉCNICA COM SUA DEDICAÇÃO

      CAPACITOU A MIM E A TANTOS OUTROS

      POSSIBILITANDO A APLICAÇÃO DE SUA METODOLOGIA ATÉ HOJE COM MUITO SUCESSO.

      OBRIGADO PROFESSOR AILTON

      MEU PROFESSOR DE TÉCNICAS COMERCIAIS DO COLÉGIO GUALTER DA SILVA

      ENTRE 1973 E 1975

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • Paulo Marcelo Fernandes Kozak | 15/10/2010 16:15

      Esse manifesto e´para homenagiar todos professores , desde os de primario ate´ os dos cursos superiores .Mas a minha homenagem principal é para minha mãe professora por mais de 20 anos , e eu tive o prazer de ser seu aluno em sala de aula e na vida toda , essa pessoa merece toda homenagem do mundo por seu conhecimento , pelo seu amplo conhecimento filosofico , por toda sua garra e força de guerreira e por toda sua etca , valores esses que devem ser guardados por todos profissionais dessa area . Ela é uma das pessoas em que me espelho para seguir uma carreira docente .Felicidade a todos professores , vcs são muito importantes para o Brasil.

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • marilda luccas sampronha | 15/10/2010 15:23

      Eu sempre senti muitas saudades da minha primeira professora. Nunca mais a vi. Seu nome Elvira Alleoni Correa de Godoy ficará vivo em minha memória. Que pena! Soube que ela faleceu esta semana através de jornais aqui de Piracicaba.
      Hoje é dia 15 de outubro e elevo minhas preces a ela. Não mais poderei vê-la, porém seus ensinametos jamais ser-me-ão esquecidos.

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • Richardson S Romero | 15/10/2010 13:58

      Postei aqui uma mensagem para meus queridos mestres do passado, mas não encontrei a mensagem enviado aqui. Portanto, posto a mensagem novamente e vai para as minhas inesquecíveis professoras do primário (lá se vão de 40 anos) da Escola Pres Eurico Gaspar Dutra, no IAPI da Penha, RJ. Era uma época em que os colégios públicos ensinavam de verdade, cantávamos o hino nacional e da bandeira todos os dias na entrada, os professores ensinavam com um carinho e dedicação rara hoje em dia, porém, é bem verdade que a educação de nós alunos era bem diferente dos alunos que frequentam as escolas hoje em dia. Assim, a minha homenagem vai para as professoras: D.Isabel,D. Maria Helena,D.Léa e D.Cecilia. Não tive mais contato com elas, espero que elas recebam esta mensagem e que Deus as abençoe. Muito obrigado a vocês minhas eternas professoras.

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • Richardson S Romero | 15/10/2010 13:57

      Postei aqui uma mensagem para meus queridos mestres do passado, mas não encontrei a mensagem enviado aqui. Portanto, posto a mensagem novamente e vai para as minhas inesquecíveis professoras do primário (lá se vão de 40 anos) da Escola Pres Eurico Gaspar Dutra, no IAPI da Penha, RJ. Era uma época em que os colégios públicos ensinavam de verdade, cantávamos o hino nacional e da bandeira todos os dias na entrada, os professores ensinavam com um carinho e dedicação rara hoje em dia, porém, é bem verdade que a educação de nós alunos era bem diferente dos alunos que frequentam as escolas hoje em dia. Assim, a minha homenagem vai para as professoras: D.Isabel,D. Maria Helena,D.Léa e D.Cecilia. Não tive mais contato com elas, espero que elas recebam esta mensagem e que Deus as abençoe. Muito obrigado a vocês minhas eternas professoras.

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • Hugo. | 15/10/2010 13:18

      Aproveito a oportunidade para lembrar também de dona ZENÓBIA SONIA MANCIN minha mana querida que é professora aposentada e ralou muito na vida para consequir se formar e lecionou em Ermelino Matarazzo durante muitos anos.
      Em nome dela eu gostaria de parabenizar a todos os 'injustiçados' professores deste Brasil varonil que recebem pouco, são desrespeitados pela sociedade e pelo governo e trocam o descasso pela sabedoria.

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • Maria Eterna | 15/10/2010 12:34

      Minha homenagem é para o professor Renato, ele lencionava matemática para os alunos do Curso Supletivo na Escola Francisco Cabrita, na Tijuca, RJ, nos anos de 1986/1987. No período em que me deu aula eu trabalhava como doméstica e cursava a 8ª série, me lembro dele nos incentivando a continuar os estudos, a não desistir, pois cada curso seria uma chave que nos abriria portas. Hoje, sou pedagoga e trabalho como Orientadora Pedagógica na rede municipal de ensino em Queimados, RJ. Os conselhos dele fizeram diferença na minha vida, pois tudo era muito difícil. Ser professor é isso, é fazer diferença na vida das pessoas! Feliz dia do Mestre!

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • gleide | 15/10/2010 12:10

      A minha hoimenagem nesse dia vai para uma pessoa que inspirou- me a ser o que sou hoje: professora.Uma pssoa que em 1960 já era considerada á frente de seu tempo.Dedicada, carinhosa, exemplo para todos que já naquela época iniciavam a tão dura missão de ser professor, como ela mesma dizia" educação não é profissão, é sacerdocio", é entrega,é pensar no outro, nas suas conquistas e realizações.Me lembro dela magrinha, pequena no porte mas gigante em atitudes, por todos os seus exemplos foi homenageada após a sua morte com uma escola estadual com seu nome, a E.E Professora Zeicy Apparecida Nogueira Baptista, em Taboão da Serra. Valeu professora Zeicy, obrigada por ter sido minha mestra e acima de tudo minha MÃE!

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • Jose Luiz Mranda | 15/10/2010 12:03

      Querido Professor,
      Com orgulho de ser professor,cumprimento a todos os profesoores,em especial aos professores de minha cidade, Tatuí,sp..Grande mediador! Construtor de seres! Formador de opinião! Meus cumprimentos e ,sobretudo,meu reconhecimento pela imprescindìvel função social designada ao professor.l

      José Luiz
      15 de outubro de 2010

      Responder comentário | Denunciar comentário
    • Vanda Maciel | 15/10/2010 11:51

      Professores deixam marcas em nossa vida, sem dúvida e uma escola de grandes mestres, então, nem se fala. Ascenso Ferreira dizia "A escola que eu frequentava era cheia de grades como prisões e o meu mestre, carrancudo como um dicionário." A minha escola, não. Era o Colégio Santa Teresinha em Caxambu-MG. A irmã da Paz era doce e dela vinha a poesia da vida e as reflexões, as produções textuais e as artes em geral. Usava a pedagogia de elogios e a gente acreditava que já era escritor(a) e no fundo alguns já eram mesmo. O forte da escola, entretanto, era a Irmã Rosa, muito alta e magra, até esquisita, mas era uma potência educacional. História, Geografia e o que mais viesse era com ela. Ninguém brincava, mas todo mundo aprendia. Depois da manhã na escola, a gente passava as tardes na biblioteca pesquisando e fazendo nossa própria enciclopédia e ai de quem copiasse, ela era implacável, você tinha que conhecer o assunto e falar muito bem sobre ele. Ela foi e é meu maior modelo, porque sempre quis fazer o mesmo e ensinar a pensar. A Irmã Rosa é o que falta na educação brasileira: disciplina e amor para aprender a aprender e se tornar independente e não um mero espectador da história. No Ensino Médio, a Profª Nilza e o Pe. Guilherme foram exemplos de competência e organização; no Ensino Superior, a Profª Clotilde Iemini, de Três Corações, que trabalhou até os 90 anos ou mais, foi mais que um exemplo de cidadania e responsabilidade social. Aos nove anos de idade, porém, um anjo lindo desses que um dia passam na vida de cada um, passou e me disse: "Você vai ser professora, mnha filha." Era minha avó Maria, baependiana, simples e guerreira. Foi minha primeira professora, depois veio minha mãe e por todas elas, hoje "sou professora, graças a Deus." Obrigada a todas.

      Responder comentário | Denunciar comentário
    1. Anterior
    2. 1
    3. 2
    4. 3
    5. 4
    6. Próxima

    Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!




    *Campos obrigatórios

    "Seu comentário passará por moderação antes de ser publicado"


    Ver de novo