Kassab desapropria terreno na zona leste para Unifesp

Novo campus da Universidade Federal será construído em terreno de 175,5 mil m² que era uma propriedade particular

AE |

Um terreno na Avenida Jacu-Pêssego, na zona leste da capital paulista, foi desapropriado pelo prefeito Gilberto Kassab para a construção de um novo campus da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O Decreto de Utilidade Pública (DUP), que oficializou a desapropriação, foi assinado hoje.

O terreno de 175,5 mil m² era propriedade particular, das indústrias Gazarra. A futura Unifesp Leste integra um conjunto de intervenções para a região, dos quais fazem parte também o Pólo Institucional da Zona Leste, que prevê diversos equipamentos públicos, tais como um Centro de Convenções e Eventos, uma Faculdade de Tecnologia (Fatec), um Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e uma rodoviária.

"Agora, com o processo de desapropriação, cabe à Unifesp iniciar um projeto para que eles possam o mais rápido possível começar as obras", disse Kassab. Segundo a Prefeitura, um dos principais objetivos dos investimentos é reduzir a necessidade de deslocamentos pela cidade.

    Leia tudo sobre: universidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG