Instituto Confúcio recebe inscrições para bolsas na China

Estudantes podem concorrer a benefício para estudar o idioma por um ano ou cursar mestrado por dois anos

iG São Paulo |

O Instituto Confúcio na Unesp recebe até o dia 16 de maio inscrições para o Programa de Bolsas de Estudo na China 2011/2012. Os interessados devem se inscrever no site da instituição . São oferecidas duas modalidades diferentes de bolsas: uma para o aperfeiçoamento em língua chinesa, de um ano de duração, e outra para o programa de mestrado e de especialização em Ensino de Língua Chinesa, com dois anos de duração.

O benefício de um ano será concedidos a alunos do Instituto Confúcio na Unesp ou que tenham cursado pelo menos 60 horas de mandarim no Instituto, para jovens que tenham feito o exame de proficiência de língua chinesa HSK (Nível 1), e para vencedores de concursos de proficiência como o Chinese Bridge. A bolsa para o programa de especialização está aberta a interessados em geral que tenham feito o exame proficiência de língua chinesa HSK (Nível 5).

Os estudantes selecionados farão o curso na Universidade de Hubei, na cidade de Wuhan, capital da província de Hubei, que realizará a seleção final dos estudantes de acordo com a disponibilidade de bolsas. O Instituto Confúcio faz a ponte entre os brasileiros interessados e a instituição chinesa.

As condições para solicitação das bolsas são as seguintes:

Bolsas de Estudo de 1 ano para Estudo de Língua Chinesa (mandarim)

• Ser aluno do Instituto Confúcio na Unesp ou que tenham cursado pelo menos 60 horas de mandarim no Instituto, para jovens que tenham obtido pontuação superior a 120 no exame de proficiência de língua chinesa HSK (Nível 1), e para vencedores de concursos de proficiência como o Chinese Bridge;
• Não ser de etnia ou nacionalidade chinesa;
• Estar com boa saúde (serão solicitados alguns exames);
• Ter entre 16 e 35 anos de idade;
• Possuir passaporte com validade de no mínimo dois anos;
• Ter carta de recomendação do Instituto Confúcio na Unesp.


Bolsas de Estudo de 2 anos para Mestrado e Especialização em Ensino de Língua Chinesa (mandarim)

• São dirigidas a professores de língua chinesa, alunos do Instituto Confúcio na Unesp e vencedores de concursos de proficiência como o Chinese Bridge que queiram participar de um programa de mestrado ou especialização em Ensino da Língua Chinesa (mandarim);
• O contemplado com essa bolsa deverá assumir o compromisso de lecionar língua chinesa por 5 (cinco) anos após o término dos estudos na China;
• Possuir comprovadamente (diploma ou certificado de conclusão) graduação de instituição reconhecida pelo Ministério da Educação;
• Não ser de etnia ou nacionalidade chinesa;
• Ter até 35 anos de idade;
• Ter obtido pelo menos 120 pontos no exame de proficiência de língua chinesa HSK (Nível 5);
• Possuir passaporte com validade de no mínimo dois anos;
• Ter carta de recomendação do Instituto Confúcio na Unesp.

A recomendação pelo Instituto Confúcio na Unesp será baseada em avaliação do desempenho do aluno realizada pelo professor, na análise do currículo e em entrevista com o vice-diretor chinês do Instituto Confúcio na Unesp em São Paulo.

As bolsas proporcionam ao contemplado:

• Taxa de matrícula;
• Material didático (livros) durante o período de estudo;
• Moradia no alojamento universitário no período;
• Seguro saúde integral;
• Ajuda de custo mensal.

A passagem aérea e os demais custos (inclusive com documentação) ficam por conta do contemplado.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG