Universidade Cidade de São Paulo descumpriu acordo para sanar falhas apresentadas pelas graduações e ainda pode recorrer

A Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação instaurou um processo administrativo contra a Universidade Cidade de São Paulo. De acordo com portaria publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, a instituição apresentou deficiências na oferta de cursos superiores a distância.

Em junho, um termo de correção das falhas apresentadas foi assinado pela instituição e pelo Ministério da Educação. Segundo a portaria, o acordo não foi cumprido. A penalidade para a faculdade será o descredenciamento para oferta de cursos a distância. A universidade terá 15 dias para apresentar defesa ao MEC.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.