Haddad instala comissão de implantação da universidade luso-afro-brasileira

BRASÍLIA - O ministro da Educação, Fernando Haddad, participou na última terça-feira da solenidade de instalação da comissão de implantação da Universidade Federal de Integração Luso-Afro-Brasileira (Unilab). Ele afirmou que a intenção no governo Lula é promover, por meio da instituição, uma maior integração com os países da África e do Timor Leste.

Redação com Agência Brasil |

A intenção é forjar um projeto pedagógico que promova essa integração, valorizando a língua e o intercâmbio de conhecimento científico. Há vários problemas comuns que são enfrentados por regiões brasileiras e países africanos no âmbito da agricultura, saúde pública, formação de professores e isso pode ser potencializado pela ação da nova universidade que nasce hoje.

Segundo ele, a Unilab pretende viabilizar o intercâmbio de conhecimento que é comum nesses países. Estamos instalando a comissão que terá prazo até meados do ano que vem para elaborar o projeto político-pedagógico, que estabelecerá a forma de acesso dos alunos à instituição, processos seletivos e concursos públicos para contratação de docentes. A premissa para que tudo isso seja desdobrado é um projeto acadêmico voltado para a integração.

De acordo com o reitor da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) e coordenador da comissão de implantação da nova universidade, Paulo Speller, a Unilab e outras duas universidades federais de integração internacional - a Unila Latina Americana e a Universidade Federal da Integração da Amazônia Continental - buscam a integração com outros países.

A Unilab busca a integração com os países de língua portuguesa, africanos e asiáticos, nos quais metade dos alunos serão brasileiros e metade estrangeiros, desenvolvendo parcerias e atividades com os governos, universidades e instituições desse país com o foco maior na África no continente Africano.

Leia mais sobre: Unilab

    Leia tudo sobre: educaçãounilabuniversidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG