ver novamente

Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Zootecnia

Profissões relacionadas ao curso: Administrador rural, zootecnista .

1. Sobre o curso

Zootecnista


O zootecnista coordena a criação de animais. Ele gerencia, planeja e administra o beneficiamento e a comercialização dos produtos de origem animal em empresas de agronegócio. Atua também na nutrição, no melhoramento genético e na reprodução de rebanhos, considerando o bem-estar animal e a sustentabilidade econômica e ambiental da propriedade. Também pode trabalhar com preservação da fauna.


Principais áreas de atuação  


- Manejo da produção animal
- Preservação e manejo de animais silvestres
- Melhoramento genético e reprodução
- Nutrição animal
- Organização de eventos, atividades esportivas e terapêuticas com animais
- Desenvolvimento de produtos para animais
- Beneficiamento de produtos de origem animal em agroindústrias

Topo

2. Ensino

Número de faculdades 100
Melhores cursos Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Universidade Federal de Lavras
Vagas disponíveis por ano 6.367
Duração do curso 5 anos
Candidatos 33.860
Candidatos/vaga 5,31
Formandos por ano 1.909
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório?  


Sim

Quem recruta estagiários    


- Fábricas de rações e suplementos.
- Empresas agropecuárias.
- Empresas rurais que atuam na produção animal.
- Frigoríficos.
- Universidades e empresas de pesquisa.
- Órgãos governamentais.
- Indústrias de carne e de leite.
- Cooperativas e associações de criadores.
- Empresas ligadas a inseminação artificial e transferência de embriões.
- Instituições de ensino.
- Empresas e órgãos ambientais
- Zoológicos.
- Reservas ecológicas.

Melhor época do ano para procurar estágio    


Os meses de janeiro, fevereiro e março. Há grande demanda e baixa concorrência, por causa das férias e porque muitos estudantes desistem do estágio iniciado no segundo semestre. Outro motivo é a abertura de novas vagas pelas empresas e também as vagas desocupadas com a conclusão do estágio e a formatura dos alunos.


Momento ideal para iniciar estágio  


Desde o início do curso.

Atividades do estágio  


- Fomento, planejamento, coordenação e administração de programas de melhoramento genético das diferentes espécies animais de interesse econômico e de preservação.
- Atuação na área de nutrição e alimentação animal, utilizando seus conhecimentos para aumentar a produtividade e o bem-estar animal.
- Planejamento e execução de projetos de construções rurais, formação e/ou produção de pastos e forrageiras e controle ambiental.
- Pesquisa e proposta de formas mais adequadas de utilização dos animais silvestres e exóticos visando o  aproveitamento econômico e a preservação.
- Realização de estudos de impacto ambiental.
Pesquisas para a melhoria de técnicas de criação, transporte, manipulação e abate, visando o bem-estar animal e o desenvolvimento de produtos de origem animal.



Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado  


12.612. Entre eles, cerca de 3 mil atuam no estado de São Paulo.


Exigências para atuar na profissão    


- Ter diploma de graduação em Zootecnia.
- Estar registrado no Conselho Regional de medicina Veterinária.


Regulamentação    


Lei nº 5.550, de 4 de dezembro de 1968.

Ganho inicial (média mensal)


R$ 3 mil.


Ganho escalão intermediário (média mensal)  


De R$ 5 mil a R$7 mil.

Ganho no auge (média mensal)  


- Pesquisa e ensino: de R$ 5 mil a R$ 10 mil.
- Em empresas, de R$ 7 mil a R$ 15 mil.


Atividades do início de carreira


- Alimentação animal.
- Coleta de informações para avaliação genética, avaliações econômicas, de impactos dos animais e de seus resíduos no meio ambiente.
- Manejo de pastagens
- Análises laboratoriais de alimentos destinados à alimentação animal.
- Gestão e consultoria técnica, organização de programas de nutrição e alimentação para bovinos de leite e de corte, suinocultura, avicultura, piscicultura, caprinocultura, ovinocultura, equinocultura, apicultura, aquicultura.
- Pesquisa em zootecnia.
- Elaboração, orientação, execução e gerenciamento de projetos agropecuários adequados às diferentes situações, de forma a aumentar a eficiência na produção animal e na comercialização de produtos.

Evolução da profissão    


Com a experiência, pode chegar à direção de instituições de ensino e à coordenação de disciplinas ligadas à produção animal, em universidades. O profissional também pode atuar como consultor, em serviços de orientação técnica e extensão rural a produtores e empresas agropecuárias, e no desenvolvimento de pesquisas, tanto em órgãos governamentais quanto na iniciativa privada.


Auge da carreira    


Entre cinco e dez anos.


Dicas     


- Manter-se atualizado e compreender a necessidade contínua de aprimoramento de suas competências e habilidades profissionais por meio da utilização de ferramentas como internet, revistas especializadas na área, pesquisas de universidades e órgãos públicos é muito importante.
- O profissional deve participar de feiras, seminários e congressos da área e buscar o desenvolvimento por meio de cursos de pós-graduação.
- É fundamental gostar de animais e ter como perfil a capacidade de comunicação e integração com os vários agentes que compõem a atividade agroindustrial.
Topo
Fontes: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC),  dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2010;

Catho Online

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

Henrique Luís Tavares, zootecnista da Fundação Parque Zoológico de São Paulo e presidente da Comissão de Zootecnia do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo;

Marco Aurélio Alves de Freitas Barbosa, professor do curso de Zootecnia da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Topo