ver novamente

Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Psicologia

Profissões relacionadas ao curso: Professor, psicólogo .

1. Sobre o curso

Psicólogo


O psicólogo estuda os problemas da mente, do comportamento do indivíduo e sua interação com a comunidade. Com base nesse conhecimento, atua na promoção, na prevenção, na recuperação e na reabilitação de pessoas com distúrbios mentais, emocionais e de personalidade. Pode trabalhar em consultórios ou em clínicas, hospitais e unidades de saúde. Também encontra espaço em escolas, na área de orientação educacional e apoio a crianças com problemas de aprendizagem, e em empresas, no setor de recursos humanos.

Principais áreas de atuação  


- Psicologia clínica
- Psicologia esportiva
- Psicologia hospitalar
- Orientação profissional
- Psicologia jurídica e social
- Psicologia do trabalho
- Gestão de pessoas
- Treinamento

Topo

2. Ensino

Número de faculdades 538
Melhores cursos Universidade Federal de São Carlos (SP), Universidade Federal de Goiás (Goiânia), Universidade de Brasília
Vagas disponíveis por ano 69.465
Duração do curso 5 anos
Candidatos 159.126
Candidatos/vaga 2,29
Formandos por ano 18.311
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório?    


Sim

Quem recruta estagiários    


- Escolas.
- Instituições jurídicas.
- Organizações esportivas.
- Empresas públicas e privadas.
- Hospitais.
- Hotéis.
- Bancos.
- Autarquias.
- Secretarias estaduais e municipais de Saúde e Assistência Social.

Melhor época do ano para procurar estágio    


Há demanda durante todo o ano.

Momento ideal para iniciar estágio    


O aluno pode iniciar os estágios extracurriculares a qualquer tempo, mas recomenda-se a partir do terceiro semestre do curso.

Atividades do estágio


- Acompanhamento das atividades do psicólogo responsável.
- Participação em triagens.
- Contato com candidatos ou usuários dos serviços de psicologia.
- Auxílio na seleção de pessoas e na condução de grupos psico-educativos.
- Participação na realização de diagnósticos organizacionais.
- Acompanhamento e realização, de forma supervisionada, de recrutamento, seleção, integração de novos colaboradores, desenvolvimento de grupos/equipes, entrevistas de desligamento de funcionários em empresas.

Particularidades do estágio    


É necessário haver um psicólogo no estágio para orientar e acompanhar as atividades realizadas pelo estudante. Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado   


Estima-se que haja no Brasil em torno de 200 mil psicólogos formados.


Exigências para atuar na profissão    


- Ter graduação em Psicologia.
- Estar registrado no Conselho Regional de Psicologia.


Regulamentação  


Lei nº 4.119, de 27 de agosto de 1962.

Ganho inicial (média mensal)  


- De R$ 1,2 mil a R$ 1,7 mil.

Ganho escalão intermediário (média mensal)    


- De R$ 2,2 mil a R$ 5 mil.

Ganho no auge (média mensal)


- De R$ 5 mil a R$ 20 mil.

Atividades do início de carreira    


- Em equipes multiprofissionais, participação no planejamento e na execução de políticas de cidadania, direitos humanos e prevenção da violência.
- Realização de pesquisas, psicodiagnóstico, acompanhamento psicológico e intervenção psicoterápica individual ou em grupo.
- Promoção de estudos sobre características psicossociais de grupos.
- Atividades de educação em saúde.

Evolução da profissão 


Varia de acordo com a área a que se dedica, como psicologia do trabalho, clínica, escolar, institucional, comunitária, hospitalar, esportiva, jurídica, docência, pesquisa, entre outras. Em empresas, pode chegar a cargos de gerência e direção.

Auge da carreira    


Entre cinco e dez anos.

Dicas     


- Ler bastante e investir na busca de conhecimento atualizado, cuidar do desenvolvimento pessoal, fazer um bom curso de pós-graduação, manter contato com pessoas que atuam na área de interesse, fazendo parte de uma associação, por exemplo.
- Desenvolver novas competências.

Uma história de sucesso

"Quando fiz a graduação, a estrutura dos cursos de Psicologia previa o estágio obrigatório a partir do quarto ano, mas desde o segundo semestre busquei atividades voluntárias que complementassem minha formação teórica".

"Ao me formar, fui convidada para atuar como psicóloga em uma clínica em que havia realizado estágio voluntário. Após alguns anos, montei meu consultório particular, no qual atuo até hoje como terapeuta comportamental".

"Os estágios me possibilitaram desenvolver algumas habilidades importantes para o exercício profissional, além de darem oportunidade de vivenciar o que vinha acompanhando na teoria".

"A psicologia é uma profissão que exige atualização constante e formação prática, o que encontrei em diversas atividades que desenvolvi e continuo desenvolvendo. É uma área do conhecimento empolgante, mas que exige dedicação, reflexão, além de disponibilidade para o contato interpessoal".

Suzane Schmidlin Löhr, psicóloga clínica, professora universitária e coordenadora da comissão científica do Conselho Regional de Psicologia

Topo
Fontes: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC), dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2009;

Catho Online;

Datafolha

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

Ana Cristina Kuhn Pletsch, coordenadora do curso de Psicologia da Universidade Anhembi Morumbi;

Dulce Helena Cabral Hatzenberger, coordenadora do departamento de Psicologia do Trabalho da Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
Topo