ver novamente

Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Estatística

Profissões relacionadas ao curso: Estatístico, professor.

1. Sobre o curso

Estatístico


Este profissional utiliza as teorias matemáticas para determinar a frequência e a ocorrência de eventos passados e prever fenômenos futuros. Seu trabalho inclui a coleta, a organização, a descrição, a análise e a interpretação de dados. Além de sólidos conhecimentos em matemática, o estatístico tem profundo domínio de linguagens e recursos computacionais para elaborar modelos matemáticos que simulem situações reais ou hipotéticas.

Principais áreas de atuação

    
- Mercado financeiro
- Análises previdenciárias
- Controle de qualidade da produção em indústrias
- Pesquisa de mercado
- Criação de banco de dados
- Pesquisas clínicas e análise de testes de medicamentos

Topo

2. Ensino

Número de faculdades 48
Melhores cursos Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade de Brasília
Vagas disponíveis por ano 3.091
Duração do curso 4 anos
Candidatos 7.540
Candidatos/vaga 2,43
Formandos por ano 731
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório?    


Sim

Quem recruta estagiários    


- Bancos e instituições financeiras.
- Agências de marketing ou publicidade.
- Empresas de cartão de crédito.
- Empresas de telefonia.
- Empresas governamentais, como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e a Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias (Embrapa).
- Indústrias.
- Companhias de seguro.
- Institutos de pesquisa na área biomédica, tecnológica e de ciências humanas.

Melhor época do ano para procurar estágio    


Em geral as ofertas de estágio são divulgadas no segundo semestre.

Momento ideal para iniciar estágio    


Após o quarto período, depois de o estudante ter adquirido uma sólida fundamentação conceitual, além do conhecimento das técnicas estatísticas básicas.


Atividades do estágio


- Análise de riscos.
- Análise exploratória de dados.
- Assessoria às pesquisas das áreas biomédica, tecnológica e de ciências humanas.
- Elaboração de instrumentos de coleta de dados: criação de bancos de dados, elaboração de tabelas e gráficos para relatórios de pesquisa.
- Estudo de demanda.
- Identificação das características de consumidores de produtos e serviços para agências de publicidade e de propaganda e para departamentos de vendas.
- Segmentação de clientes.
- Determinação de método, análise estatística e organização de dados para pesquisa de mercado.
- Organização de banco de dados.
- Modelagem estatística.
- Análise de amostras colhidas nas várias fases de produção para controlar a qualidade de um processo.
- Planejamento de experimentos industriais.

Particularidades do estágio    


Estudantes a partir do sexto semestre ou do terceiro ano do bacharelado em Estatística podem obter no Conselho Regional de Estatística o registro como técnico estatístico. Com isso, poderão exercer atividades de auxílio aos estatísticos graduados.

Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado  

   
Estima-se que existam no máximo 8 mil profissionais no Brasil em atuação.

Exigências para atuar na profissão  

 
- Ter diploma de Estatística.
- Estar registrado no Conselho Regional de Estatística.

Regulamentação    


Lei nº 4739, de 15 de julho de 1965.

Ganho inicial (média mensal)  

 
- De R$ 2 mil  a R$ 3 mil.
- Empresas de grande porte: de R$ 2,5 mil a R$ 4 mil.
- Nas universidades, os salários iniciais para docentes e pesquisadores com mestrado são de aproximadamente R$ 4 mil.

Ganho escalão intermediário (média mensal)   

 
- De R$ 3 mil  a R$ 5 mil.
- Empresas de grande porte: R$ 4 mil a R$ 6 mil.

Ganho no auge (média mensal)    


- De R$ 5 mil  a R$ 12 mil.
- Empresas de grande porte: R$ 6 mil a R$ 16 mil.

Atividades do início de carreira


Basicamente os mesmos do período do estágio.


Evolução da profissão    


- Se fizer um MBA, pode atuar como supervisor ou diretor.
- Com a experiência, trabalha como assessor, consultor, chefia setores ou departamentos ou atua como gestor..
- Nesta fase, é o principal responsável pelas notas técnicas atuariais, as avaliações atuariais, os balanços atuariais, a peritagem atuarial para estabelecimento de indenizações de sinistros.


Auge da carreira    


Em média 15 anos.

Dicas     


- É importante que o profissional seja detalhista, goste de organização, tenha sólida formação em Matemática e Computacional e afinidade para usar ferramentas da informática.
- O profissional deve buscar ampliar sempre seus conhecimentos em linguagem de programação e aprender a usar softwares estatísticos do mercado.
- Ter noções de marketing ajuda a consolidar sua reputação no mercado. Também é necessário dominar todos os aspectos de riscos financeiros e corporativos.
Topo
Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC), dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2009;

Conselho Regional de Educação Física (Cref);

Catho Online

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

Regina Serrão Lanzillotti, professora do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IME/Uerj) e conselheira do Conselho Regional de Estatística da 2ª Região (Conre-2);

Paulo Afonso Lopes, estatístico;

Doris Fontes, coordenadora-geral do Conselho Regional de Estatística da 3ª Região (Conre-3/SP-PR-MT-MS);

Karina Pretto, Marcus Vincenzi e Mariana Carballo, do Conselho Regional de Estatística da 3ª Região (Conre-3/SP-PR-MT-MS);

Narcisa Maria Gonçalves dos Santos, coordenadora do curso de Ciências Atuariais da Universidade do Estado do Rio de
Janeiro (Uerj);

José Carlos Fogo, coordenador do curso de Estatística da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).
Topo