ver novamente

Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Engenharia Metalúrgica

Profissões relacionadas ao curso: Engenheiro metalurgista .

1. Sobre o curso

Engenheiro metalurgista


Este profissional planeja e acompanha todos os processos de produção, transformação e uso de metais e ligas metálicas nas indústrias. Analisa e seleciona os materiais existentes e define a sua aplicação. Também faz parte das suas atribuições desenvolver novas tecnologias e novos materiais.

Principais áreas de atuação    


- Metais ferrosos
- Metais não-ferrosos
- Tratamento e beneficiamento de metaisTopo

2. Ensino

Número de faculdades 16
Melhores cursos (Dados não disponíveis pelo INEP)
Vagas disponíveis por ano 987
Duração do curso 5 anos
Candidatos 2.789
Candidatos/vaga 2,82
Formandos por ano 234
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório?    


Sim

Quem recruta estagiários


Empresas e indústrias com foco nas áreas técnica, comercial e laboratorial.


Melhor época do ano para procurar estágio    


A partir do sexto semestre.

Momento ideal para iniciar estágio 

   
A partir do nono período.


Atividades do estágio  

 
Atividades de laboratório e de processamentos em geral.
Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado 

   
93.096

Exigências para atuar na profissão    


- Ter diploma de graduação em Engenharia Metalúrgica.
- Estar registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).


Regulamentação  

 
Lei nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966.

Ganho inicial (média mensal)  

 
De R$ 2,5 mil a R$ 4 mil.


Ganho escalão intermediário (média mensal)    


De R$ 5,5 mil a R$ 8 mil


Ganho no auge (média mensal)    


De R$ 9 mil a R$ 11 mil.


Atividades do início de carreira   

 
- Processos de extração de metal e produção de ligas, como ferro gusa, aço carbono comum, aços especiais, ligas de alumínio, titânio e cobre.
- Fabricação, utilizando métodos variados, como fundição, soldagem, conformação mecânica e metalurgia do pó.
- Caracterização estrutural e determinação de propriedades de materiais metálicos e não metálicos.
- Desenvolvimento de novos materiais.
- Administração e gerenciamento de siderurgias.

Evolução da profissão  

 
Com experiência adquirida, o profissional pode seguir por dois caminhos: se especializar e virar consultor ou liderar equipes e assumir cargos de gerência e direção em empresas.

Auge da carreira  

 
De 10 a 15 anos.


Dicas     


- É fundamental ter grande conhecimento técnico e capacidade de liderança para lidar com pessoas e liderar equipes.
- O profissional deve investir na atualização constante, por meio de cursos de pós-graduação e pesquisas e leituras na sua área de atuação.

Topo
Fontes: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC), dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2009;

Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea);

Centro Universitário de Sete Lagoas – (Unifemm);

Universidade Federal do Rio de Janeiro – (UFRJ);

Universidade Federal Fluminense ( UFF)

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

Robert Half, Guia de Salários 2010/2011;

Francisco Ambrózio, professor e coordenador do curso de Engenharia de Metalurgia e Materiais da FEI.

Topo