ver novamente

Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Engenharia de Telecomunicações

Profissões relacionadas ao curso: Engenheiro de telecomunicações .

1. Sobre o curso

Engenheiro de telecomunicações


Este profissional atua no desenvolvimento de sistemas e instalações de telecomunicações e seus equipamentos. É responsável pelo projeto, operação e manutenção de redes com e sem fio, comunicação interna e externa, de celular e via satélite, além de cabeamentos aéreos e subterrâneos. Cria e constrói os aparelhos e equipamentos utilizados em telecomunicações e dá suporte às redes já implantadas.

Principais áreas de atuação  

 
- Infraestrutura de telecomunicações
- Tecnologias de mobilidade
- Projeto de sistemas de transmissão de dados
- Gestão de serviços de telecomunicações
- Vendas técnicasTopo

2. Ensino

Número de faculdades 31
Melhores cursos Instituto Militar de Engenharia (Rio de Janeiro – RJ), Universidade de Brasília, Universidade Federal de Campina Grande (Campina Grande – PB)
Vagas disponíveis por ano 2.446
Duração do curso 5 anos
Candidatos 3.632
Candidatos/vaga 1,48
Formandos por ano 548
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório? 

   
Sim


Quem recruta estagiários  

 
- Empresas de telecomunicações.
- Empresas da área de TI.

Melhor época do ano para procurar estágio 

   
Nos meses de fevereiro e julho.

Momento ideal para iniciar estágio 

   
A partir do terceiro ano.

Atividades do estágio  

 
- Acompanhamento de projetos de infraestrutura em redes de telefonia celular.
- Desenvolvimento de sistemas de gerenciamento de informação para projetos de telecomunicações.
- Proposta de soluções estratégicas para configuração e escolha de equipamento de redes.
- Realização de medições de posicionamentos global GPS.
- Análise do desempenho de sistemas de comunicação digital para otimizar os recursos.

Particularidades do estágio

O tempo médio de estágio é de dois meses, mas o mercado exige no mínimo seis meses.


meses, mas o mercado exige no mínimo seis meses.Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado  

 
4.308


Exigências para atuar na profissão

    
- Ter diploma de graduação em Engenharia de Telecomunicações
- Estar registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).

Regulamentação  

 
Lei nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966.


Ganho inicial (média mensal)  

 
R$ 4 mil

Ganho escalão intermediário (média mensal)  

 
R$ 4,6 mil a R$ 5 mil

Ganho no auge (média mensal)  

 
R$ 8 mil


Atividades do início de carreira  

 
- Configuração e monitoramento de equipamentos nas torres de telecomunicações.
- Coordenação de projetos de instalação de equipamentos.
- Configuração e suporte de redes.


Evolução da profissão    


Com a experiência, o profissional pode seguir dois caminhos: empreendedorismo e gestão. No primeiro, atua em áreas de serviços ou de fabricação de equipamentos, montando a própria empresa. No segundo, assume funções de chefia, gerenciando projetos, realizando ações de marketing em tecnologia de telecomunicações e atuando como analista e perito.

Auge da carreira


Entre 10 a 15 anos.


Dicas     


- É fundamental dominar o inglês e construir uma rede de relacionamentos desde a faculdade.
- Aprender informática, sendo capaz de programar em qualquer linguagem, e conhecer bem o mercado de trabalho ajuda a conquistar melhores oportunidades.
Topo
Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC), dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2008;

Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea);

Catho Online.

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

Luis Eduardo Palomino Bolivar, coordenador do curso de Engenharia de Telecomunicações da Universidade do Contestado.
Topo