ver novamente

Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Engenharia Civil

Profissões relacionadas ao curso: Engenheiro civil, professor .

1. Sobre o curso

Engenheiro civil


O engenheiro civil calcula, constrói, opera e mantém edificações e infraestruturas, como rodovias, pontes, ferrovias, hidrovias, barragens, portos, aeroportos, residências e edifícios, entre outros. Supervisiona o desenvolvimento da obra, elaborando orçamentos e fazendo o controle de qualidade. Projeta e especifica redes de instalação elétrica, hidráulica e de saneamento com base em estudos sobre a qualidade do solo, da iluminação e ventilação do local da construção. Gerencia equipes de instalação, montagem, operação, reparo e manutenção para manter prazos, padrões de qualidade e segurança. Efetua vistorias, perícias e avaliações emitindo laudos e pareceres técnicos.


Principais áreas de atuação 


- Emissão de laudos técnicos
- Edificações residenciais, comerciais e industriais
- Estruturas e fundações
- Obras hidráulicas e de saneamento
- Obras de infraestrutura
- Obras de transporte
- Administração predial

Topo

2. Ensino

Número de faculdades 292
Melhores cursos Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto Militar de Engenharia (Rio de Janeiro – RJ), Universidade de Brasília
Vagas disponíveis por ano 43.484
Duração do curso 5 anos
Candidatos 159.784
Candidatos/vaga 3,67
Formandos por ano 6.375
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório?  


Sim

Quem recruta estagiários 


- Órgãos públicos.
- Escritórios de projetos.
- Empresas gerenciadoras de obras.
- Construtoras.

Melhor época do ano para procurar estágio  


Início de cada semestre.

Momento ideal para iniciar estágio  


No último ano, quando o aluno já tem maturidade e conhecimento técnico suficientes para desenvolver as atividades propostas.

Atividades do estágio  



Em gerenciamento de obras:
- Planejamento da construção.
- Elaboração de orçamentos.
- Controle da produção.
- Verificação das condições de segurança.

Em escritórios de projeto de edificações:
- Dimensionamento de estruturas.
- Finalização de projetos.
- Conferência de dados. Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado    


182.877

Exigências para atuar na profissão  


- Ter diploma de graduação em Engenharia Civil.
- Estar registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).


Regulamentação


Lei nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966, e Lei nº 8.195, de 26 de junho de 1991.


Ganho inicial (média mensal)  


R$ 4 mil


Ganho escalão intermediário (média mensal)  


R$ 5,3 mil


Ganho no auge (média mensal)  


De R$ 10 mil a R$ 20 mil

Atividades do início de carreira  


- Em obras, realiza o planejamento dos serviços, orçamentos, cronogramas, acompanhamento da execução.
- Em escritórios, realiza detalhamentos de projetos e dimensiona elementos secundários.
Evolução da profissão    Com a experiência, o profissional passa a liderar equipes na execução de projetos e obras, podendo ocupar cargos de gerência e direção.


Auge da carreira  


Entre 15 e 20 anos de profissão.


Dicas     


- É importante estar sempre atualizado, adquirindo conhecimentos técnicos ao longo da carreira, além dos obtidos na graduação.
- Formação sólida em engenharia, conhecimento de ferramentas de informática e domínio de língua estrangeira são muito importantes. Cursar pós-graduação também é um bom diferencial.

Uma história de sucesso

"Nos últimos anos da faculdade, tive maior interesse por geotecnia e estruturas, o que me motivou a buscar estágio em uma empresa de consultoria na área. Fui contratado como engenheiro pela empresa assim que me formei".

"O estágio é muito importante para que o aluno tenha contato com a prática da engenharia, que é muito diferente do ambiente acadêmico. E, certas experiências, como tomada de decisões frente a problemas e situações de incerteza, só são possíveis em ambientes profissionais".

"Os cursos de mestrado e doutorado, além da atividade docente, me ajudaram a aperfeiçoar algumas habilidades, como a comunicação de ideias com clareza – um fator imprescindível para uma atuação profissional bem-sucedida".  

"O estágio na área de interesse, cursos de extensão, pós-graduação e mestrado/doutorado são muito importantes, assim como a busca constante de aprimoramento profissional por meio do contato com as melhores e mais recentes técnicas de engenharia".

Roberto Kochen, diretor do Departamento de Infraestrutura do Instituto de Engenharia (IE), presidente e diretor técnico da GeoCompany Tecnologia, Engenharia e Meio Ambiente

Topo
Fontes: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC), dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2008;

Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea);

Catho Online.

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

Guilherme A. Parsekian, coordenador do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de São Carlos  (UFSCar).

Marcelo Melo, engenheiro civil;

Gisleine Coelho de Campos, coordenadora do curso de Engenharia Civil da Universidade Anhembi Morumbi;

Pedro Mendonça, coordenador do curso de Engenharias Civil da Estácio UniRadial;

Paulo Ferreira, coordenador do curso de Engenharia Civil da Universidade Presbiteriana Mackenzie

Topo