ver novamente

Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Engenharia Cartográfica

Profissões relacionadas ao curso: Engenheiro cartográfico.

1. Sobre o curso

Engenheiro cartográfico


Este profissional coleta, processa e representa informações da superfície terrestre, transformando-as em mapas, cartas, coordenadas, mosaicos e modelos de análise. Após receber dados de sistemas sensores – orbitais, aéreos, marítimos ou fluviais -, o engenheiro cartográfico representa graficamente informações como áreas, distâncias, ângulos e informações temáticas. Também registra fenômenos naturais que ocorrem na superfície  por meio de mapas produzidos digitalmente.

Principais áreas de atuação


- Georreferenciamento
- Sensoriamento remoto
- Levantamento topográfico
- Perícia técnica
- Cartografia


Topo

2. Ensino

Número de faculdades 9
Melhores cursos Instituto Militar de Engenharia (Rio de Janeiro – RJ), Universidade Federal do Paraná, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Presidente Prudente – SP)
Vagas disponíveis por ano 339
Duração do curso 5 anos
Candidatos 1.439
Candidatos/vaga 4,24
Formandos por ano 116
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório?    


Sim


Quem recruta estagiários 

   
- Empresas
- Indústrias
- Instituições de pesquisa

Melhor época do ano para procurar estágio  

 
Ao longo de todo o ano.

Momento ideal para iniciar estágio    


O melhor momento é entre o segundo e o terceiro ano. Porém, alguns alunos iniciam o estágio no primeiro ano do curso, porque já têm disciplinas de formação específica no primeiro semestre.


Atividades do estágio    


- Análise de levantamentos topográficos e redes de nivelamento.
- Operação de equipamentos GPS e processamento de dados.
- Elaboração de mapas e memoriais descritivos relativos a levantamentos topográficos e geodésicos.
- Auxílio em procedimentos que envolvem verificação de aerofotos e elaboração de mapas.
- Alimentação de bases de dados cartográficos.
- Análise de uso e ocupação do solo.Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado  

 
Cerca de 1,2 mil.

Exigências para atuar na profissão    


- Ter diploma de graduação em Engenharia Ambiental.
- Estar registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).


Regulamentação    


Lei nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966 .

Ganho inicial (média mensal)    


R$ 3 mil

Ganho escalão intermediário (média mensal)  

 
R$ 4,9 mil

Ganho no auge (média mensal)    


R$ 7 mil


Atividades do início de carreira    


Basicamente são as mesmas realizadas durante o estágio.


Evolução da profissão    


Na maioria das vezes, os profissionais atingem cargos administrativos que exigem mais  experiência, em empresas de engenharia, e aerolevantamentos, em instituições de ensino e pesquisa, no setor de vendas de equipamentos e serviços de cartografia, em prefeituras municipais, concessionárias de água e de energia elétrica e órgãos de planejamento estaduais. Também podem prestar serviços e consultoria especializada.


Auge da carreira    


Entre cinco  e dez anos.


Dicas  

   
- Graças aos avanços tecnológicos, a engenharia cartográfica vem se tornando uma área fundamental para a tomada de decisões técnicas no planejamento urbano, no planejamento regional e no campo de meio ambiente. Por isso, o profissional deve estar atento a todas as oportunidades.
- Para ter mais possibilidades de carreira, é importante que o estudante procure se qualificar bem e atuar em todas as áreas durante o curso.
Topo
Fontes: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC), dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2008;

Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea);

Catho Online

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

Maria Aparecida Zehnpfennig Zanetti, coordenadora do curso de Engenharia Cartográfica da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Topo