Governo do Rio anuncia reajuste de 13% para os professores

Sindicato da categoria não gostou da proposta e pede 26%

iG Rio de Janeiro |

Os professores da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro receberão um reajuste de 13%, que inclui 3,5% de aumento nos vencimentos base e a antecipação das parcelas do Programa Nova Escola de 2012 para 2011, em torno de 9,2%.O anúncio foi feito pelo secretário de Educação, Wilson Risolia. Os professores estão em greve desde o dia 7 de junho.

No texto da antecipação do Nova Escola que será enviado à Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), também consta a antecipação de todas as parcelas restantes até 2014 para os funcionários técnico-administrativos do setor.

Segundo a Secretaria de Educação, com os reajustes anunciados hoje, um professor que ganha R$ 765,66 por 16 horas semanais passará a receber salário de R$ 865,30, a partir de setembro. Se comparado a 2007, quando um professor inicial de 16 horas semanais ganhava R$ 540,64, a variação acumulada é de 60,6% neste período, um aumento real acima de 22%. A rede estadual têm 75 mil docentes ativos e 73 mil inativos.

O Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação) não gostou da proposta. Para a entidade, o reajuste anunciado é tímido, já que ele fica bem abaixo da inflação em 2011 e da reivindicação emergencial de 26% de reajuste da categoria.



    Leia tudo sobre: propostareajusteprofessoresrio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG