Funcionários de 3 universidades fazem protesto na USP

Cerca de mil funcionários da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita filho (Unesp) realizaram na manhã de hoje um protesto por isonomia salarial entre professores e funcionários e para dar início às negociações de reajuste salarial. O grupo saiu em passeata na frente do prédio da Faculdade de História, seguindo para o portão 1 da universidade.

Agência Estado |



Na Avenida Alvarenga, os manifestantes bloquearam a via, que foi liberada por volta das 11h45. Segundo um dos diretores do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), Aníbal Ribeiro Cavali, em seguida, o grupo começou a andar para reitoria, onde será feito um novo protesto.

Os trabalhadores reivindicam um aumento de 6% dado aos professores no início de março e que não foi estendido aos demais funcionários das universidades estaduais.

Leia também :

    Leia tudo sobre: funcionário temporáriogrevesaláriousp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG