BRASÍLIA - A partir desta terça-feira, a Fundação Getulio Vargas (FGV) passa a fazer o levantamento das condições das bibliotecas municipais em todo o País. A iniciativa faz parte do Programa Mais Cultura, do Ministério da Cultura. A previsão é de que os resultados sejam apresentados em dezembro deste ano.

De acordo com o ministério, a ação vai contribuir para o aperfeiçoamento da base de dados do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, além de subsidiar a própria pasta com informações necessárias ao planejamento, ao acompanhamento e à otimização dos investimentos na área de livro e leitura.

A estratégia é contribuir para que o governo federal cumpra a meta de zerar o número de municípios brasileiros sem biblioteca pública municipal. Durante o levantamento, a FGV vai analisar o acervo, os recursos humanos, as condições físicas, a infraestrutura, os equipamentos e a formação de pessoal.

Serão feitas entrevistas em prefeituras, em secretarias municipais de Cultura e de Educação e nas bibliotecas públicas. Além da coleta de dados, será feito um registro fotográfico das instalações.

Entre 2007 e 2008, o Programa Mais Cultura investiu mais de R$ 37 milhões na aquisição de kits para a implantação de bibliotecas públicas em 661 municípios. Cada kit é composto de 2 mil livros, mobiliário, computador, televisão de 29 polegadas, aparelho de DVD e som.

Outros R$ 14,7 milhões foram investidos na aquisição de kits de modernização de bibliotecas em 410 municípios. Além de acervo, mobiliário e equipamentos, o kit de modernização inclui telecentro digital composto de 11 computadores com acesso à internet banda larga. A ação conta com o apoio do Ministério das Comunicações.

Leia mais sobre: Bibliotecas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.